Artes

A Pop Art e sua influência atual

Se você já passou por algum lugar do mundo físico ou virtual e viu um quadro com uma lata de sopa exposta, não se assuste. Não se trata de um anúncio de alimentos instantâneos (não agora), é apenas Pop Art.

Não é nada difícil hoje em dia encontrar decorações de apartamentos, quadros e até mesmo roupas inspiradas pela Pop Art. A estética do movimento atingiu tão bem o seu objetivo que se tornou popular e continua nos holofotes ainda hoje.

Surgida no final da década de 1950, Pop Art significa nada mais que arte popular, atrelada ao cotidiano, mais visual e figurativa, diferente de outras vanguardas anteriores no século XX. Suas obras tinham a função de falar diretamente com o espectador, contendo, muitas vezes, conteúdos políticos de extrema importância para a época.

A principal técnica do movimento era a colagem, podendo ser encontrada na maioria das obras, composta juntamente com cores saturadas e contrastantes e desenhos mais simples. Muitas das vezes também eram retratadas histórias em quadrinhos e ilustrações que beiravam cartoons.

E a sopa? Na verdade, aS sopaS. A obra Latas de sopa Campbell ou 32 latas de sopa Campbell é do artista Andy Warhol, produzida em 1962. Cada uma das latas mostrava um sabor diferente de sopa oferecido pela marca. O apoio da companhia ao movimento fez com que este crescesse  em temáticas de cultura popular, elevando, além disso o próprio aumento do consumo.

Outra das principais referências da época é a obra O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Diferentes, Tão Atraentes? de Richard Hamilton.

Construída através de colagens de anúncios, a cena mostra um ambiente cotidiano de uma casa qualquer, com dois personagens principais, “misturados” a elementos como a televisão da época, móveis, eletrodomésticos, quadros e enlatados. Segundo o próprio Hamilton, essa arte era “popular, transitória, consumível, de baixo custo, produzida em massa, jovem, espirituosa, sexy, chamativa, glamourosa e um grande negócio.

E foi um negócio tão grande que ainda hoje influencia várias áreas criativas, como o design, a moda, a pintura e a arquitetura. Abaixo você vai ver algumas criações onde esse estilo teve total ou grande influência na construção do trabalho.

Coleção Spring/Summer 2014 Love Moschino

Katy Perry – This Is How We Do

Anitta – Bang

Decoração

Exposição realizada em 2013 em Londres, celebrando 50 anos da Pop Art e mostrando sua influência no design.

Deu para reparar o quanto esse estilo ainda serve de referência para vários tipos de arte hoje em dia, né? Talvez pelo seu estilo colorido e alegre, ou então por sua atitude ao retratar tudo ou todos de forma única e sem necessitar de grandes regras em seu visual. A Pop Art chegou e ficou, sem dúvidas, e traz sempre uma junção de real e imaginário em todas as obras, basta usar a criatividade. Se você, leitor, tiver maiores interesses por esse movimento, há duas grandes referências logo abaixo, onde você pode estudar mais sobre a época e seus artistas.  Até mais :)

 

Referências:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo367/arte-pop

https://www.historiadasartes.com/nomundo/arte-seculo-20/pop-art/

Clique aqui para comentar ( )