As Pinturas Solitárias de Gwen Yip – Design CultureAs Pinturas Solitárias de Gwen Yip – Design Culture
Artes

As Pinturas Solitárias de Gwen Yip

Como poderíamos definir a solidão? Se apesar de ela estar presente em toda nossa vida, é necessário um profundo exercício de busca para representá-lo, em palavras, ilustrações, cartazes ou pinturas. A solidão é complexa, nós humanos muito bem sabemos. As vezes nem a entendemos, agora, imagine representá-la!

Com simplicidade e mestria, as pinturas de Gwen Yip emocionam qualquer um, são profundas, delicadas, sensíveis e mostram a grandeza e o peso que a solidão pode ter em nossa vida, em diferentes situações. Suas imagens tem um impacto que não passam despercebidas. As vezes somos tantos, no entanto solitários, estamos no meio a tanta gente, entretanto sozinhos. Nas pinturas mostra “pessoas que estão sozinhas, mesmo no meio da cidade. Eles estão isolados, perdidos em seus próprios pensamentos ou se afastando do espectador. Eu também revelo o vazio das ruas e plataformas de metrô onde estão. Eu uso cores fortes e linhas limpas para dar a cada pintura uma simplicidade que nos faz sentir a solidão da vida urbana e cria sua própria beleza interior”

Somos, na verdade todos solitários, em algum momento na vida. As pinturas de Yip, são uma fonte reveladora dessa asserção. “Todos carregamos coisas em nossas costas. Alguns ombros e arrependimentos e outros carregam sonhos e esperanças. Alguns quase não os carregam e outros os trouxeram para onde quer que vá. O que você carrega nas costas?”

Gwen Yip nasceu e cresceu em Hong Kong quando era uma colónia britânica. Tem mestrado em Belas Artes do Central Saint Martins em Londres. “Eu contava histórias para marcas como director de arte em publicidade antes de me dedicar a desenhos e pinturas.” Actualmente Mora e trabalha próximo a Nova York. E trabalha como ilustrador e pintor.

Acompanhe a seguir algumas das pinturas solitárias de Yip.

Fonte: www.gwenyip.com

 

Clique aqui para comentar ( )