Notícias

Conheça o Puflix, a plataforma feita para publicitários e criativos

Fillipe Luis é um publicitário de 23 anos e que começou logo cedo no mercado de trabalho. Aos 16, começou atuar na criação e desenvolvimento web, na cidade de Nova Odessa interior paulista. Depois de realizar vários cursos, ler e assistir vídeos e tutoriais na internet, ele criou os Publicitários Criativos, uma comunidade conectada com mais de meio milhão de publicitários e criativos do mundo inteiro.

Por sempre estar em busca de novos conhecimentos ele queria ir além. “Quando iniciei minha carreira profissional, tive que correr atrás de diversos treinamentos e às vezes passava horas e mais horas no Youtube procurando por um conteúdo de qualidade e que me ajudasse a aprender determinada técnica”, contou Fillipe.

Inspirado em suas dificuldades e na vida de muitos outros profissionais e aspirantes, que correm atrás de tutoriais e vídeos na internet para se atualizarem na área que amam, ele lançou em outubro de 2016 o Puflix, em parceria com seu sócio Luciano Augusto.

A Puflix é uma plataforma semelhante ao Netflix, porém ao invés de séries o que encontramos  lá são cursos. Com mais de 1200 alunos e uma média de 5 a 8 pedidos de certificados por dia, um dos grandes diferenciais é o fato de serem cursos de baixo custo para o aluno e dinâmicos, facilitando a vida de quem não tem dinheiro ou tempo para investir em um curso presencial.

“Nosso portal leva conteúdo de qualidade por um preço acessível, de modo que a pessoa possa assistir às aulas como, quando e onde quiser. Ele é versátil e o aluno que dita o próprio ritmo, o que melhora a qualidade do aprendizado”.

Tirando o projeto do papel 

Fillipe contou que o planejamento do Puflix foi bastante puxado. “Foram necessárias horas e mais horas para pensar em todos os detalhes. Ao todo acredito que foram 3 meses e meio de muito trabalho duro, isso claro 24×7 para deixar tudo pronto”.

Após o lançamento da plataforma, o Puflix ainda teve uma atualização que deixou a navegação mais amigável. “Foi necessário também contratar uma equipe para ficar sempre disponível no suporte. Tudo foi feito para que o aluno tivesse uma experiência agradável e se sentisse estimulado a estudar”.

Parceria com Luciano Augusto 

O criador do Puflix era um aluno do Luciano Augusto, parceiro atual do projeto. “Eu já conhecia o Portal Luciano Augusto e, por isso, nem preciso dizer que tinha uma boa noção da qualidade de todos os treinamentos e de como eles podiam ajudar outros alunos e profissionais.”, afirmou.

Após alguns anos, Fillipe recebeu a proposta de se afiliar ao portal dele. Então começou a parceria que culminou no Puflix. E os resultados têm sido motivo de orgulho. “A parceria foi um total sucesso e o nosso trabalho fluiu tão bem que decidimos fechar uma empresa juntos e lançar a Puflix. Desde então estamos trabalhando nesse projeto e o feeback está sendo incrível”.

Como assinar 

Para ter acesso aos 60 cursos disponíveis na Puflix, basta assinar um de seus três planos:

  • Mensal: por R$ 27,90 por mês, o aluno tem acesso a todos os treinamentos, emissão de certificados e suporte 24h;
  • Semestral: por R$ 157,90, o aluno faz um pacote de seis meses de assinatura e tem direito a todos os treinamentos, emissão de certificados, suporte 24h e pagamento via boleto.
  • Anual: por R$ 297,90, o aluno faz um pacote de um ano de assinatura e tem direito a todos os benefícios de uma assinatura semestral, mais um desconto.

Além disso, se cadastrando na Puflix e cumprindo com os pagamentos, o aluno tem direito a participar de promoções, “O último sorteio que fizemos foi de uma mesa digitalizadora, eles amaram! ”.

Projetos para o futuro 

De acordo com o criador da plataforma, várias ideias já estão sendo planejadas para a Puflix. “Queremos lançar uma plataforma com mais recursos, realizar o envio de certificados impressos aos alunos, entre muitas outras coisas”.

Além disso, está sendo desenvolvido um app para facilitar ainda mais a vida do usuário. “Acredito que dentro de 1 mês todos poderão baixá-lo e usufruir do conteúdo”.

Clique aqui para comentar ( )