Cursos

Design e carnaval de mãos dadas

IED Rio estudará o posicionamento de marca da Mangueira através do curso Master Profissional Branding

O Istituto Europeo Di Design acaba de fechar uma parceria com a Estação Primeira de Mangueira. A escola de samba vai ser o case da próxima turma do curso Master Profissional Branding, que ao longo de um ano, vai desenvolver um projeto estratégico para a marca mais popular do carnaval carioca.

A ideia da parceria com o departamento de marketing da Mangueira é tornar mais eficiente a gestão de produtos ligados ao carnaval. Segundo Marcelo Nascimento, coordenador do curso, o projeto é realizado segundo os moldes de uma agência de branding, desde a pesquisa estratégica até a experiência de marca.

“Muita gente ainda confunde branding com identidade visual. Na verdade, branding é o processo de gestão dos ativos de uma marca, o conjunto de crenças e valores que estabelecem uma série de práticas que vão gerir as decisões futuras da empresa” – explica Marcelo, que também é sócio da agência Binky, especializada em branding e design thinking.

O carnaval é a principal receita da economia criativa na cidade. Este ano, a festa atraiu 1,1 milhão de turistas, e movimentou cerca de R$ 3 bilhões, batendo recorde em número de foliões: mais de 6 milhões de pessoas entre os meses de fevereiro e março.

Apesar disso, poucas escolas de samba têm uma gestão profissional de suas marcas e negócios. Para Fabiana Amorim e Bruno Tenório, gestores de marketing da Mangueira, o projeto é uma oportunidade de dar destaque à importância da indústria criativa por trás da festa.

“O carnaval é uma arte genuína e autêntica, mas ainda é visto de forma marginalizada. Todo o ano, profissionais que são formados pelo carnaval vão atuar em outras áreas, como figurino e cenografia para televisão. A gente precisa perceber o carnaval como uma fonte em que outros setores da economia criativa podem beber” – afirma Bruno.

A oportunidade para a parceria surgiu através da agência de Bruno e Fabiana, a PRONTO RJ, especializada em gestão de produtos culturais. Além da gestão de marketing da escola de samba, a agência administra o projeto Tom da Escola, promovido por outra grande marca carioca: o Instituto Antônio Carlos Jobim.

A atual turma do Master Profissional Branding está trabalhando na gestão de marca do projeto, que oferece educação musical continuada para crianças e adolescentes da Mangueira e de Costa Barros. Os cases do curso são marcas reconhecidas no mercado, com impacto social e sem fins lucrativos.

Segundo Marcelo, um dos aspectos centrais do branding é o relacionamento com o público. Para ele, a disciplina pode ajudar as empresas do carnaval a gerar valor para suas marcas o ano inteiro, e não apenas durante os cinco dias de folia.

“Os clubes europeus fazem uma gestão de marca bem-feita, com licenciamento de produtos e serviços que geram valor e renda o ano todo. Apesar dos muitos torcedores apaixonados pela escola, a Mangueira catalisa esse amor somente uma vez ao ano, deixando de aproveitar um grande potencial de relacionamento com o público” – conclui.

Ao menos no carnaval de rua, estender a festa o ano inteiro já virou tendência. Aluna do Master Profissional Branding, Flavia Brêtas também acredita que o mercado de entretenimento da cidade precisa se relacionar para expandir.

“O setor de entretenimento mexe com emoção de uma maneira muito intensa. Quando você promete diversão para uma pessoa, você está fazendo uma promessa ousada. Quem deseja trabalhar na economia criativa precisa saber gerar valor para o outro” – afirma.

Sol em touro na casa 11, Flavia é sócia fundadora do escritório Hitsy, especializado em design e estratégia para marcas da economia criativa, que atende clientes como a festa Manie Dansante. Coolhunter de vocação, ela afirma que a paixão pela economia criativa veio do desejo de inovar.

“Nosso maior ativo é o nosso lifestyle. Já dei aulas de design pelo país inteiro, nenhum lugar tem festa na rua três horas da manhã. O Rio é uma cidade espetáculo” – conclui a designer.

 

Clique aqui para comentar ( )