Design

Design estratégico e negócios

A visão do design estratégico, de maneira mais ampla, mostra a necessidade de se pensar no produto ou serviço de forma competitiva, com um pensamento integralmente focado no consumidor ou no usuário deste. Para isso, podemos imediatamente compreender a impossibilidade de envolver, apenas um único profissional, ao pensarmos no design estratégico como um caminho para incrementar os negócios.

O termo “estratégia”, foi sempre usado no léxico militar, referindo-se a ideia de vencer uma batalha com o inimigo. Com o passar do tempo o termo estratégia passou a significar qualquer orientação planejada, ou seja todo percurso pensado, prevendo dificuldades, necessidades e possibilidades. Portanto, não se distanciando do significado original, que envolve competitividade com o adversário ou concorrente. Uma estratégia projecta o processo, integra, visualiza e concretiza.

Integração: uma estratégia é pensada, não de forma singular, mas como meio de integração de várias pessoas, com diferentes conhecimentos.

Visualização: a estratégia permite visualização, previsão do que pode acontecer, ela pertite reflectir sobre o futuro das acções ao longo do processo, pertindo, igualmente que se juntem todos recursos necessários para “vencer a batalha”.

Concretização: a materialização eficaz é o objectivo inicialmente de qualquer estratégia, são usados todos recursos preparados para uma acção real.

Fonte: www.eremedia.com

Design + estratégia/ Design estratégico

“Devido ao termo “estratégia” implicar a existência de um concorrente, o design estratégico tem a intenção de promover uma melhoria do desempenho e da eficiência das empresas aos olhos dos seus designers, clientes e concorrentes. Para conseguir alcançar esses objetivos, o design estratégico está baseado na articulação, tanto externa, quanto interna, das práticas empresariais” (ERLHOFF; MARSHALL, 2008) citado por  de Carvalho (2013)

Na aplicação do design estratégico, é recorrente o seguimento de uma metodologia que garante o seguimento passo a passo a aplicação de estratégias que garantam sucesso ao produto ou serviço em negócios. São eles, De acordo com Pastori (2009), o briefing, etapa de pesquisa, etapa de criação de cenários, fase de conceitualização e execução do projecto.

“O design estratégico oferece orientações técnicas e criativas a partir da perspectiva social e incentiva a escuta, a pesquisa qualitativa e a criação de cenários. Executa e amplia os processos de design estratégico formados com seus clientes, parceiros e colaboradores por meio de uma rede de inovação e produção de valor” (PASTORI et al., 2009).

O design estratégico, por natureza é transdisciplinar, por abre um enorme campo para o cruzamento de várias disciplinas, para permitir a efectividade de uma estratégia definida. O sucesso de uma estratégia, depende muito da integração de várias ideias, vários profissionais. A necessidade de compreender o mercado e as pessoas (consumidores) exige por natureza a compreensão do todo, que não pode ser feito apenas pelo designer.

“A implementação de processos de design estratégico, acontece através da formação de grupos transdisciplinares dentro de um empresa, onde todos os setores intercambiam informações e tornam-se responsáveis pelas ações da empresa, colocando na berlinda modelos de gestão positivistas-estruturalistas, que privilegiam uma estrutura hierárquica bastante definida” Pastori (2009)

A visão do negócio, na perspectiva do design estratégico deve ser “agressiva” e realística, baseado na inovação, factor principal de diferenciação. O design estratégico compreende o que é ideal para as pessoas e como o ideal pode ter um toque diferenciador no negócio, aliados às funções essenciais do design: estética, simbólica e prática.

 

Veja a seguir o projecto: Write a Bike de Juri Zaech, designer e director de arte suíço.

Fonte: design-milk.com

 

Fonte: design-milk.com

 

     

Veja mais em: http: //design-milk.com/write-a-bike-by-juri-zaech/

Clique aqui para comentar ( )