Design

MANUFATO: uma joia local

Créditos: Divulgação Manufato

Na maioria das vezes, ao falarmos de Design de Joias, pensamos em luxo e materiais de origem nobre para que após ao término do processo de criação, tornem-se ainda mais valiosos do que já são. No entanto, poucas vezes nos damos conta de que materiais de origem “pobre” podem ser transformados em joias valiosas e com significado.

Sendo assim, apresento a vocês a Manufato, uma empresa de Design de joias formada por os designers Adson Mariz, Cecília Tenório e Mariane Santos que acreditam que é possível fazer uso de materiais diferentes e do processo manual para criar joias com originalidade, autenticidade e cultura local em seus significados.

Créditos: Divulgação Manufato (Adson, Cecília e Mariane)

De acordo com os designers, a Manufato é um negócio de Design de acessórios feitos à mão com materiais alternativos para pessoas autênticas e apreciadoras de aspectos culturais. E, nos contam que a empresa teve seu início marcado pelo N Design em 2016, realizado em João Pessoa – PB, evento no qual foi lançada a coleção “Desperta Cidade”, criada com madeiras de descarte e inspiradas na arquitetura do centro histórico da Grande Natal – RN, para que as pessoas despertassem o olhar para a cidade ao seu redor e ver os ricos detalhes que passam despercebidos no nosso dia a dia.

Ao questioná-los sobre o que acreditam ser o seu diferencial, me respondem que fazer uso de métodos de Design para a criação das peças e a dedicação a criação de conceitos, através de pesquisas profundas, tanto na área acadêmica como in loco. E, que inclusive, fazem entrevistas e tentam absorver a essência do que querem transmitir nas peças que produzem.

“Nós somos motivados por aprender cada vez mais e contribuir com o que sabemos fazer. Somos apaixonados pelo design, nossa capacidade criativa e aspectos culturais, então tentamos unir tudo isso para criar peças que contem histórias e que conquistem às pessoas verdadeiramente.”

Outro ponto que ressalvam, é todo o cuidado com o processo, desde a criação da peça até a entrega, pois, acreditam que é um diferencial a busca pela aproximação com os clientes para saber como estão os acessórios depois da compra, quais são os sentimentos que estas peças trazem, se tem sugestões e críticas. Afinal, é isso que faz um negócio crescer.

Créditos: Divulgação Manufato

Por fim, pergunto como está sendo empreender com o Design como peça fundamental para o negócio e eles respondem:

“Como designers, podemos dizer que é um desafio empreender quando ainda existe uma cultura do Design que está crescendo em nossa cidade e no país, então nós tentamos mostrar que a Manufato é esta empresa devido aos estudos desta disciplina. E, é recompensador perceber quando tal conhecimento chega através de outras pessoas que não entendiam muito bem o que é o Design. O que percebemos é que o nosso conhecimento nesta área é um diferencial para o nosso negócio, pois, o cuidado com o conceito da coleção, a nossa pesquisa e a aproximação com o usuário inclusive ainda dentro do processo da criação da coleção são diferenciais, então, mesmo que ele ainda não compreenda bem o Design, ele percebe a diferença, seja através da qualidade, criatividade, inovação ao ter contato com nosso produto.”

Após conhecer mais sobre a Manufato e o papel que eles desempenham através de seus produtos, particularmente, vejo a união entre Design e Empreendedorismo fora dos tão tradicionais negócios de designers, como agências de publicidade e studios de criação.

Ouso ir além, e afirmar que o(a) designer pode empreender em qualquer área e fazer com que o Design seja o “pilar de sustentação” do seu negócio. Afinal, como diria o grande Gui Bonsiepe: “Design não é agregar valor, design é valor”.

 

Clique aqui para comentar ( )