Cinema e Séries

Monster Trucks: comédia, ação e um alerta ambiental

Assisti ao filme Monster Truck, um longa da Paramount Pictures e Mattel, o primeiro longa live-action de Chris Wedge (A era do gelo), escrito por Derek Connolly de Jurassic World. Monster Trucks conta a história de Tripp, seus amigos e um simpático animal encontrado após uma perfuração em busca de petróleo. Confesso que imaginava que o filme (prefiro não assistir aos trailers de alguns) se trataria de um longa de animação, até devido a imagem de anúncio ser digamos bem espetacular.

Mas, a Paramount não deixou a desejar e as gigantes caminhonetes invadiram a tela com alguma digamos ajudas vindas da pré-história e Lucas Till, ou melhor, Tripp o protagonista principal do filme que vocês devem lembrar como MacGyver ou Destrutor de X-Men: Apocalypse, ou até mesmo como Travis Brody em Hannah Montana: O Filme, sofreu uma mudança em sua vida e na caminhonete que se torna uma Monster Trucks devido a ajuda deste novo amigo, simpático, mas, que em algumas cenas causam até alguma lembrança de filme de terror onde os monstros matariam a todos, felizmente, o monstro é “mansinho” e por mais que mostre seus gigantes e centenas de dente nada de ataques a humanos, o que não posso falar às paredes ou carros.

Creech é um simpático monstro, ou animal pré-histórico que terminou fugindo com seus pais de seu habitat (alguns quilômetros de profundidade) devido a ganância do homem em uma companhia petrolífera, o filme todo gira em torno da captura do simpático animal e por outro lado, levá-lo de volta ao seu habitat natural. Além de Frank Whaley, o filme conta com Danny Glover e Amy Ryan. Falando um pouco sobre Tripp, digamos que é um jovem com problemas: trabalha em um ferro velho, não tem carro, sem namorada, seu pai é um tremendo babaca que você vai descobrir por que assistindo ao filme e sua mãe namora com o Xerife da cidade, quem assiste com frequência filmes americanos sabe que o Xerife nunca ou raramente é um padastro legal nos primeiros momentos e um jovem sem carro sofre bullyng e é esquecido pelas garotas, mas, digamos que com Tripp tudo muda após Creech e a propósito ele que é o Monster Trucks, pelo fato de tornar-se o motor da caminhonete antiga de Tripp além claro, do fato dele se alimentar de petróleo e óleo natural.

O filme é divertido, em alguns momentos dei boas gargalhadas e traz a consciência sobre até onde o homem pode intervir na natureza e ecossistema sem afetá-lo de alguma forma, além disso o interessante e ponto a mais para o filme, é que por ter uma temática voltada também para o automobilístico, não poupou cenas com carros potentes, desde os vilões com caminhões e carros velozes ou um pseudo-vilão que pratica bullyng com Jeff, até os mocinhos como um adolescente de 15 anos que vai ganhar uma super caminhonete vermelha que fica turbinada ao longo do filme.

Para concluir, Monster Trucks é um filme que pode ser assistido pela família, não espere muitos efeitos visuais, a computação gráfica em especial 3D é no geral simples e bacana, os monstrinhos fazem uma boa interação com os humanos de modo bem realista, mas o filme não dá muita ênfase ao virtual, é uma comédia, com uma bela mensagem e muita ação.

Dublado

Clique aqui para comentar ( )