Cinema e Séries

O melhor marketing é o boca a boca

Você pode ser estudante, publicitário, jornalista, empreendedor ou até mesmo de qualquer área de exatas, mas se você nunca ouviu que o melhor tipo de marketing é o “boca a boca”, talvez tenha faltado em alguma aula. Isso porque nem estamos falando sobre aula de faculdade, mas sim “da vida”, o tradicional dia a dia.

Do final do ano para cá, em qualquer canto temos ouvido falar da série espanhola La Casa de Papel, que conta a história do possível maior roubo da história, um assalto com reféns à Casa da Moeda da Espanha.

Convenhamos que o roteiro da série não é 100% original. A estratégia dos assaltantes usarem máscaras e a mesma roupa, além de obrigarem os reféns a se vestirem igual para impedir um ataque dos policiais, já pode ser vista em outros filmes. Mesmo assim, La Casa de Papel tem aquele X que ninguém sabe explicar o que realmente é, mas a indicação para as pessoas mais próximas vem acompanhada da famosa frase: “você precisa assistir!”.

Tal frase tem repercutido mais que o esperado. Imaginem os números de audiência se toda vez que uma pessoa falasse isso para um grupo de 4 amigos, todos eles assistissem, recomendassem para mais 4 e assim sucessivamente. Isso é bem possível, a série gerou muito buzz em pouco tempo, fazendo com que se tornasse um verdadeiro sucesso e que tivesse um gasto total de R$ 0,00 na divulgação geral de sua primeira temporada.

marketing boca a boca é de graça. Não tem ação mais certeira que cair nas graças do público e eles mesmos realizarem a sua divulgação. O que está persuadindo a todos é justamente o X da questão, é o que ninguém sabe explicar, mas que curiosamente “está todo mundo falando”, fazendo a pessoa sentir a necessidade de consumir aquela mídia.

Vimos que não é por questão de originalidade, mas quem assistiu foi impactado de alguma forma e quer que outras pessoas sintam o mesmo. Se a série é realmente tudo isso ou nada demais, cabe a cada um opinar. Porém, para chegar nessa conclusão é preciso assistir e esse é o objetivo da Netflix. Na verdade, esse é o objetivo de qualquer empresa: fazer seus clientes terem uma experiência com seu produto.

 

 

Clique aqui para comentar ( )