Fotolia

Os movimentos que influenciaram o Design

Os artistas e artesãos foram os que deram origem ao design gráfico como actividade profissional, estes tinham como tarefa elaborar a mensagem a ser veiculada de diversas formas, antes de o design (gráfico) se firmar como actividade profissional e merecer distinção, tanto da arte, assim como do artesanato.

Conforme asserção do Bomeny:

“No meio do século XIX, artistas e pintores, como Toulouse-Lautrec e outros, começaram a criar cartazes para vender produtos. Esse foi um dos primeiros exemplos do que seria “arte publicitária”, querendo dizer arte aplicada. Esta atitude dos pintores iniciou o processo de uma actividade profissional baseada no desenho. No transcurso da história esta actividade foi diversificando, de acordo com a solicitação da sociedade, do comércio e da indústria, convertendo-se em especialidade do desenho, como desenho gráfico, desenho industrial, desenho têxtil.” (2009, p. 25)

Acompanhe a seguir alguns dos mais importantes movimentos que influenciaram o design durante a história.

 

Art Nouveau

Tratou-se do primeiro movimento com enfoque virado ao design. Caracterizou-se por ser extremamente decorativo, apresentando também formas curvilíneas e sinuosas. Toulouse-Lautrec, Pierre Bonnard, Alphonse Mucha, Aubrey Beardsley foram alguns nomes que tiveram trabalhos privilegiando a decoração e ornamentação.

 

Cubismo

Tem início com a obra Les Demoiselles dAvignon, de Pablo Picasso, pintada em 1907. Baseou-se na representação de formas naturais em termos de cilindro, esfera e cone. O cubismo foi um importante impulsionador da abstração e estimulou a exploração do espaço no design.

 

Futurismo

Surgiu em 1909 com a publicação do Manifesto do Futurismo. Foi um movimento que estimulou muito os artistas e designers a abraçar as novas tecnologias, a velocidade, o uso de máquinas e da guerra. A ciência e a indústria tiveram um grande papel para o futurismo se firmar como um movimento, e era sua base principal. No design gráfico teve como principal representante Fortunato Depero, que usou a publicidade como veiculo para difundir os ideais do movimento.

 

Dadaísmo

Começou como um movimento de artes literárias no ano 1916. No design gráfico caracterizou-se por apresentar posicionamentos aleatórios e títulos absurdos. Foi também a partir desta época introduzido o conceito de fotomontagem, em Berlim. O dadaísmo era totalmente contraditório às conveções e tradições, daí que defendiam o acaso e desordem, no lugar da beleza e estética. Teve uma grande influência de Marcel Duchamp, com as obras Nu Descendo a Escada e Roda de Bicicleta. As ideias deste movimento foram importantes para despertar e chamar atenção, no design gráfico.

 

Surrealismo

Fundado na década 1920, o Surrealismo, como movimento esteve virado ao inconsciente, intuição, mundo dos sonhos. Estimulou a abstração e foi importante no design gráfico, pois imagens surrealistas de pintores desta época foram recorrentes. Este movimento foi muito influenciado pelas teorias do psicólogo Sigmund Freud (1856 – 1939) e teve como líder principal e mentor o poeta e crítico André Broton (1896 – 1966). Outros representantes fora: Antonin Artaud, no teatro, Luis Buñuel no cinema, Max Ernst, René Magritte e Salvador Dali nas artes plásticas.

 

Construtivismo

O construtivismo pretendia aliar a arte ao trabalho, de maneiras que o design fosse socialmente útil. O design gráfico devia ser legível, baseando-se numa escrita simples para que fosse acessível à todos grupos sociais, os códigos usados deviam estar isentos de ambiguidades e ornamento. El Lazar Lissitzky foi o representante principal deste movimento.

 

Art Déco

Foi um movimento extremamente expressivo. Recorreu a um design geométrico, influenciado por Frank Lloyd Wrigth. Embalagens elegantes fora produzidas, tipografias complicadas e cenários do cinema extravagantes foram marcantes. Por causa de sua extrema expressividade era difícil separar o bom do mau, apesar desse facto, foi importante no aproveitamento de espaços em branco.

 

De Stijl

Sua tradução para português é O Estilo, foi fundado em 1917 por Theo Van Doesburg, designer, pintor e escultor holandês. Este movimento defendia a rejeição do extravagante pelo económico, inicialmente defendendo o conceito “unidade e pluralidade”. Era um design gráfico baseada também na Matemática, para ter resultados mais precisos em seus projectos.

 

Pop Art

Foi um movimento das décadas 50 e 60 do século XX que teve lugar na Inglaterra e Estados Unidos da América. Pop vem do populare, que quer dizer popular. Linguagem abstracta e uso de imagens figurativas foram característicos. Foi um movimento virado a cultura de massa, justificando assim o termo pop de polular.

 

Clique aqui para comentar ( )