curso de webdesign - como escolher um sem cair em ciladas
Cursos

Curso de Web Design – Como escolher um sem cair em ciladas

Você já parou para pensar sobre como um curso de Web Design deveria ser para atender suas reais necessidades? Ofertas são o que não faltam, tanto em cursos online, quanto em cursos presenciais. Mas será que elas vão apenas te transformar em um “apertador de botões” qualificado?

Talvez você não tenha ideia, mas não é tão fácil como parece escolher um curso de Web Design. Uma escolha equivocada pode acarretar em seu despreparo justamente em um momento que o setor digital gera muitas oportunidades.

Só para você ter uma noção, serviços como desenvolvimento de sites e criação são responsáveis pelo maior percentual de faturamento do setor com uma fatia de 30,4%, dados da ABRADi. Sem contar que temos no Brasil 51,3 milhões de e-consumidores o que obriga as empresas a ter uma presença online e contratar futuros web designers como você.

Devido a isso, acabam surgindo vários curso, porém será que eles realmente podem lhe ajudar a ser um profissional Web Designer de verdade?

Então antes de escolher um curso de Web Design, você deve levar em consideração muitas coisas, desde o conteúdo programático, passando por recursos didáticos e, principalmente, o quanto o curso observado tem potencial para causar uma transformação positiva em sua vida profissional.

E para te ajudar, o Design Culture elaborou um roteiro essencial para que você tenha informações úteis, te deixando preparado para avaliar com mais rigor e precisão os cursos que você encontrar em suas pesquisas.

Prossiga com a leitura se você não quer se frustrar com sua escolha desperdiçando tempo e dinheiro.

Veja agora como proceder em sua avaliação com os seguintes passos.

1 – Averigue se o conteúdo foca em conceitos de Web Design e fundamentos de Design

Analisar o conteúdo programático é uma das principais tarefas para a avaliar um curso. Não pule essa parte! Você poderá ficar impressionado com todas as nomenclaturas e ferramentas que o curso pretende cobrir. Porém uma coisa é certa: se você não encontrar nada que fale sobre fundamentos de Design e Web Design, fique com um pé atrás.

E sabe por quê?

Simplesmente porque não há como gerar resultados satisfatórios e transmitir valor em seus projetos se você não tem domínio desses fundamentos.

curso de webdesign - como escolher um sem cair em ciladas
Criar sites vai além de criar uma interface bonitinha usando um software de edição. Deve existir uma preocupação com as boas práticas de desenvolvimento e se cercar com argumentos baseados em Design para justificar suas escolhas. Dominar os fundamentos vai te ajudar em 80% de sua rotina de criação diária.

Mas talvez você não conheça conteúdos quais cobrem esses fundamentos. Então segue uma lista com os principais:

  • Usabilidade;
  • Acessibilidade aplicada a web;
  • Teoria das cores aplicada a web;
  • Imagens para web;
  • Gestalt;
  • Semiótica;
  • Grids;
  • Arquitetura de informação;
  • Design de Interfaces;
  • Responsividade;
  • Padrões web, entre outros.

Se no conteúdo programático de um curso de Web Design não for encontrado 50% dos itens citados acima considere pisar no freio.

Depois confira esse infográfico com mais detalhes sobre esses conceitos e fundamentos que você precisa saber.

2 – Observe se o curso não vai te tornar um “apertador de botões”

O que seria um apertador de botões?

É aquele indivíduo que a principal habilidade dele é clicar nos botões da interface dos softwares de edição de imagens e de vetorização para elaborar suas criações.

Veja bem: não há nada de errado em trabalhar com softwares isso porque o Web Designer lida todo o tempo com essas ferramentas. O único problema é concentrar todos seus resultados através de uma ferramenta.

curso de webdesign - como escolher um sem cair em ciladas

Você pode procurar por cursos de Photoshop, Corel Draw, Illustrator?

Sim, é claro!

Mas considere-os apenas treinamentos de softwares e não um curso de Web Designer. Se você encontrar um curso de Web designer cujo conteúdo se concentra em 100% sobre softwares, fuja!

Softwares são somente ferramentas que auxiliam na criação. Elas surgem, mudam a todo tempo e até deixam de existir.

Então reforçando o que foi dito no tópico anterior: procure principalmente pelos fundamentos da área.

3 – Dê preferência a cursos que provocam em você uma transformação

Transformação no caso é ir de um ponto A para um ponto B. E sair de um estado estático para outro de forma dinâmica que provoque um impulso em sua vida profissional.

Muitos cursos são mecânicos onde o método aplicado faz com que você replique o conteúdo passado diversas vezes até assimilação. Esse método é encontrado principalmente nos cursos focados em ferramentas.

curso de webdesign - como escolher um sem cair em ciladas

E isso está errado? Definitivamente não, mas seu futuro curso não deve ser ater a só isso.
Você terá uma transformação verdadeira quando estiver exposto a desafios, resolvendo problemas com o seu talento. Um curso focado na transformação vai te expor a situações práticas que quando solucionadas potencializaram ainda mais suas habilidades.

Portanto quando estiver analisando a ementa de um curso ou vídeo de vendas, em caso de curso online, verifique se ele promove projetos individuais para desenvolver uma boa experiência para usuário e resultados para clientes de forma a te tirar da zona de conforto onde você é um expectador passivo.

Fique reticente a cursos que só te despejam conteúdos e não te estimula a agir.

4 – Avalie se o curso se adéqua às suas condições de estudo

Provavelmente você tem diversas necessidades a serem supridas quando pensa em um curso. E muitas delas vão além do conteúdo que o curso oferece. Por exemplo, alguns procuram por um curso gratuito, ou porque acreditam que pode ser suficiente ou porque a grana está curta. Outros preferem investir algum dinheiro porque acreditam que valor da oferta vale o investimento.

Em outros casos existem pessoas que acreditam que a Faculdade é o melhor caminho. Já existem outras que não querem esperar tanto para começar a criar seus sites.

curso de webdesign - como escolher um sem cair em ciladas

Algumas pessoas procuram por certificado porque acreditam que as empresas irão exigir isso delas. Outras nem ligam para isso.

E existem casos que algumas pessoas acreditam que precisam de um curso presencial porque necessitam de um profissional qualificado para responder suas dúvidas pontuais. Já outras preferem uma formação online ou porque tem perfil autodidata, ou porque não tem cursos presenciais próximos a sua cidade.

Para casos de pessoas que preferem estudar online um curso que cobre boa parte do que foi avaliado até aqui no artigo, é o curso  Web Designer PRO. Atualmente as inscrições estão fechadas, mas você pode participar do mini-curso gratuito Semana do Web Design.

Mas como cada caso é um caso você tem que verificar se o curso pretendido também se enquadra com suas necessidades, no que você acredita. Entretanto fique atento também com suas crenças. Nem sempre o que você acredita ser a melhor escolha será adequado para o seu perfil. É o que vamos ver no próximo tópico sobre armadilhas da escolha.

Armadilhas da escolha

Será que preciso de faculdade para me tornar Web Designer? É preciso mesmo de certificado? Curso gratuito vale a pena? Curso presencial ou online?

Vamos a primeira questão:

Será que preciso de faculdade para me tornar Web Designer?

Existem poucas faculdades de Design Digital por aí. Por isso o caminho seria fazer uma faculdade de Design Gráfico e depois se especializar em web design. A armadilha se encontra no fato de você esperar muito tempo para realmente ter contato com criação de sites. De qualquer forma você teria que optar por um curso livre de Web Design, ou antes ou durante a graduação.

É preciso mesmo de certificado?

Poucas empresas atualmente estão preocupadas com isso. Essa questão pode mudar no futuro, porém ainda não é o caso. Lógico que se você tiver um diploma de uma faculdade será um diferencial, mas o que conta mesmo é a mão na massa e um bom portfólio. Se a única coisa que um curso pesquisado tem de valor é o certificado, esqueça. Isso não te levará a lugar nenhum.

Curso gratuito vale a pena?

A não ser que uma instituição queira fornecer um curso completo inteiramente grátis o que podemos encontrar por aí é um pacote com noções básicas onde posteriormente você terá que de qualquer forma adquirir uma versão completa do curso.

Presencial ou online?

Presencial se você precisa de profissional que responda às suas dúvidas pontuais, ainda com a vantagem de fazer network com os outros alunos. O que você tem que ficar atento é com o tempo de deslocamento. Caso o percurso seja longo você irá minar suas energias necessárias para o estudo.

Já um curso de Web design online é uma boa opção quando você é proativo, consegue se virar bem sozinho e tem pouco tempo para estudar. Também é indicado quando você prefere assistir às aulas no conforto do seu lar ou onde bem entender, e na hora que bem entender. O que pode desanimar a sua escolha é que suas dúvidas não são respondidas a tempo real, necessitando o envio de suas dúvidas através de formulário de contato para resposta posterior. Mas mesmo assim é uma opção que vem sendo bastante adotada pelo público em geral pela praticidade e conforto que proporciona.

Caso você esteja procurando por um curso de Web Design online , uma excelente indicação é o Web Designer PRO. Atualmente as inscrições estão fechadas, mas você pode participar da gratuitamente da Semana de Web Design e aprender mais sobre área e profissão.

Week Web – Semana de Web Design

Ele é ideal para você está ingressando na área, ou até mesmo se pretende se atualizar. Entre tantos cursos existentes ele é um dos que melhor se enquadra nos requisitos para cursos expostos até aqui, como foco em fundamentos de Design e Web Design e fornecimento de um conteúdo transformacional. Nele você aprenderá sobre fundamentos de design, conceitos de web design, design de conversão, processo criativo, aulas de photoshop, fluência em HTML, CSS e WordPress.

Agora é com você

Neste artigo vimos um roteiro essencial para que você possa escolher de forma o seu futuro curso de Web Design. Acreditamos que esse é um momento primordial para você e que tantas ofertas de diferentes tipos podem dificultar sua decisão. Por isso a necessidade de um guia que possa contribuir com sua formação.

Nossa maior preocupação é que você não se torne um “apertador de botões”, o que é uma evolução do micreiro e se decepcione com as escolhas que fez.

Agora nos diga: o que você acredita que um curso de web design deve oferecer para que possamos nos tornar um profissional qualificado ao mercado? Deixe seu comentário! Aproveite e compartilhe esse artigo com os amigos.

Clique aqui para comentar ( )