Design

A escolha da tipografia

Há uma beleza e complexidade oculta na tipografia. Uma das mais importantes habilidades para um designer é saber escolher a tipografia certa para um projecto, isso muitas vezes não tem uma ciência que explica esse lado invisível, provavelmente porque isso tem a ver não apenas com o que vemos, mas também com o sentimento que a tipografia transmite, e não se ensina ninguém a sentir, cada um desenvolve ao longo da experiência. Como a tipografia parece ser simples, a aparente simplicidade coloca em risco vários projectos.

Um projecto de cartaz, provavelmente seja mais complexo acertar na tipografia do que na cor, por exemplo, apesar de parecer a coisa mais simples. Steve Jobs uma vez disse: “O simples pode ser mais difícil que o complexo: você precisa trabalhar muito para fazer com que sua mente esteja limpa o suficiente para tornar as coisas simples. Mas vale a pena no final, porque uma vez que chega lá, você pode mover montanhas.”

Quando a escolha de uma tipografia é feita com conhecimento, e não apenas porque estava disponível, o projecto torna-se uno. Sobre a simplicidade Albert Eistein disse: “Tudo deve ser o mais simples possível, mas não mais simples que isso”. O nível de simplicidade com que pode ser aplicada uma tipografia pode gerar problemas na interpretação, não apenas do texto escrito, mas da forma que este texto transmite. O que a forma do texto transmite está para além do que está visível. O design é o que não vemos.

Identifique seu propósito

Identificar o propósito do projecto é o primeiro passo para avançar com a escolha da tipografia. Saber que vai comunicar um espetáculo musical, por exemplo, ajuda-o a pensar o projecto para o público e sobre como deseja que este interprete o conteúdo.

“Um bom design alinha sua tipografia com sua finalidade. Isso ocorre porque a tipografia é fundamental para definir o humor, o tom e o estilo em seus designs.” – Jonathan Z. White

Identifique seu público

Depois de determinar o objectivo do projecto, identifique seu público. Este passo é crucial porque a idade e o interesse influenciarão as opções de fonte. Esta fase é crucial, pois as informações sobre seus usuários, como idade, interesses e cultura, podem influenciar as decisões que você toma para a tipografia.

É importante compreender isso, já que, por exemplo, algumas fontes são mais apropriadas para crianças. Ao aprender a ler, as crianças precisam de fontes altamente legíveis com formas de letra generosas. Um bom exemplo disso é Sassoon Primary. Sassoon Primary foi desenvolvido por Rosemary Sassoon e baseado em sua pesquisa sobre o tipo de letras que as crianças acharam fácil de ler.

Procure inspiração

Procurar inspiração vão ajudar a perceber como é que os outros designers resolveram problemas semelhantes. É importante analisar a finalidade, o público e ver o resultados que estes obtiveram no projecto em causa. Ao analisar mais de seis projectos do memso segmento vai ser possivel notar que tipo de expressão quer para o seu projecto, através da tipografia.

Escolha suas fontes

Depois da pesquisa e análise, provavelmente você estará preparado para saber que tipografia escolher para o seu projecto. Quando se trata de escolher o tipo, tenha em mente os seguintes princípios: legibilidade, legibilidade e finalidade. O processo de escolha de uma tipografia pode ser longo, mas é necessário.

Determinar tamanhos de fonte

O passo seguinte é estabelecer em uma combinação de fontes é determinar o tamanho. Determinar o que é mais importante através do tamanho é indispensável para um bom projecto. Uma boa ferramenta para isso é a Modular Scale de Tim Brown, o chefe de tipografia da Adobe. O Modular Scale é um sistema para identificar proporções historicamente agradáveis para criar escalas para determinar os tamanhos das tipografias.

Por exemplo, você pode usar uma escala com base na proporção áurea. Aqui seriam suas primeiras cinco opções de tamanho de fonte computada:

Proporção Áurea (1: 1.618)

1.000 x 1.618 = 1,618

1,618 x 1,618 = 2,618

2,618 x 1,618 = 4,236

4,236 x 1,618 = 6,854

6,854 x 1,618 = 11,089

Crie um guia de estilo de tipografia

A última etapa do processo é criar um guia de estilo para sua tipografia para ajudar a padronizar o tipo em seus projetos.

Aqui, apenas, apresentamos um processo resumido. A escolha da tipografia é um exercício continuo, não se resumo em passos que ao serem seguidos o resultado será imediatamente obtido. É preciso uma prática constante, um trabalho contínuo de escolha e experimentação, de comparação para obteção de melhores resultados.

Clique aqui para comentar ( )