Design

Aprendendo design com os Beatles – Parte I

Você pode até não ser fã, mas de alguma maneira, podendo ser de várias formas possíveis, você já foi impactada ou impactado pela maior banda de todos os tempos, estamos falando de The Beatles!

Eles revolucionaram toda a indústria da música e até hoje é uma grande inspiração para artistas do mundo todo, seja o gênero que for, pode ter certeza que tem um pouquinho de John, Paul, George e Ringo.

Mas o que os garotos de Liverpool tem a ver com o design?

Para responder essa pergunta temos que voltar aos anos 50, um período onde o mundo estava se recuperando da Segunda Guerra Mundial e os jovens dessa época precisavam descobrir o seu próprio caminho, não só o papel deles na sociedade, mas também encontrar sua própria identidade cultural, já que a guerra tinha tirado isso deles até então.

Com isso surgiu um rapaz de topete que rebolava no palco e tocava músicas totalmente inspiradas no Blues, gênero musical do extremo sul dos Estados Unidos que tinha raízes nas músicas tradicionais africanas, o nome desse rapaz era Elvis Presley e com ele também conhecemos o que viria ser o Rock ‘N’ Roll.

O novo gênero foi um sucesso enorme e logo se espalhou por todos os continentes, chegando também na Inglaterra, em especial aos ouvidos do jovem John Lennon, que teve a ideia que a grande maioria dos jovens teve na mesma época, formar uma banda de Rock.

Como isso nasce a banda The Quarrymen, sendo que já temos a primeira relação com o design neste momento, já que ela não era inspirada somente no movimento norte americano, mas também trazia o folk e a moda skiffle, que tinha como conceito o “faça você mesmo”, conceito esse que já tinha sido usado anteriormente e foi resgatado por conta do alto custo dos instrumentos musicais. 

Eles usavam objetos como tábuas de lavar roupas e garrafas como instrumentos, isso mostra que a experimentação estava presente na essência da banda, algo que é um dos principais pilares do design também.

Essa experimentação não estava só nos gêneros que serviram de inspiração para eles, mas também na busca pela melhor entrega músical, já que a banda foi evoluindo aos poucos, começando com John e alguns amigos, a entrada de Paul e George e depois a transição para formação clássica com a chegada de Ringo. Isso é interessante analisar, pois as bandas eram formadas já com a busca pelos melhores músicos e os Beatles foram na contramão disso, trazendo a qualidade com o passar do tempo e aproveitando as oportunidades de contar com artistas talentosos.

E quando falamos em talento temos que levar em consideração que ele não significa nada se não tiver a prática, mas os Beatles sabiam disso e eles praticaram e muito quando fizeram sua primeira turnê em Hamburgo, ficando de 6 a 8 horas no palco todas as noites, isso com certeza ajudou na evolução e amadurecimento do grupo, tanto isso é verdade que quando eles voltaram para Inglaterra sua qualidade musical e presença de palco era muito maior que as bandas locais, sendo esse mais um paralelo com o design, já que a prática e os testes são essenciais em nossa profissão.

Em 1961 a banda começa a realizar seus shows no The Cavern Club e é ali que o mundo começa a notar a maior banda de todos os tempos, mas isso é assunto para o próximo artigo, nele vamos acompanhar a ascensão dos Beatles, a Beatlemania e a evolução da banda que foi responsável por muitas mudanças de paradigmas da nossa sociedade.

Não perca!

Clique aqui para comentar ( )