Design

CBF apresenta nova identidade visual

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou na última terça-feira (9) a  nova identidade visual da instituição, durante cerimônia de posse do novo presidente, Rogério Caboclo. O projeto faz parte de uma ampla reestruturação de branding, realizada para melhorar a percepção da marca, sobretudo no mundo digital. O objetivo é ampliar o conhecimento público sobre todo o trabalho realizado pela CBF, que vai muito além das Seleções Brasileiras.

Aplicação em fundo amarelo.

A reformulação da marca teve como premissa reforçar a brasilidade presente em nosso futebol. As cores do escudo, notavelmente os principais elementos de reconhecimento da marca, foram realçadas e agora estão mais luminosas, sobretudo o “Amarelo Canarinho”, a cor mais marcante da Seleção.

Aplicação em fundo azul.

Os contornos presentes na parte externa do escudo foram preservados, assim como a cruz de malta presente no centro, respeitando e valorizando a história da marca da CBF. As faixas verticais e horizontais ganharam movimento e se expandiram, expressando a ginga, a superação e a personalidade características do futebol brasileiro. Ainda seguindo a linha da brasilidade, a tipografia aplicada no escudo é composta por uma fonte desenvolvida por designers brasileiros da Dalton Maag.

Além disso, os grafismos são inspirados na obra do artista brasileiro Athos Bulcão, a partir de fragmentos do formato do escudo, que sugerem festa, energia e comemoração. A marca leva, ainda, a tagline “Joga bola”. O projeto completo de reestruturação da marca é assinado pela agência Ana Couto.

Aplicação em crachás da CBF.

“Ela expressa o jogar futebol com o nosso jeito convidativo e inclusivo, do campo de várzea aos jogos da Copa do Mundo em grandes estádios. É o amor pelo jogo, pela bola. É ainda a expressão que o brasileiro usa quando identifica o craque, o bom jogador, ou seja, o que joga bola”, explica Ana Couto, CEO da agência.

Segundo Gilberto Ratt, diretor de marketing da CBF, as plataformas digitais da CBF e os materiais de escritório e ambientes físicos passam a utilizar a nova marca gradativamente. Os desdobramentos da aplicação da nova marca se estenderão até 2020, com a apresentação do novo uniforme da Seleção Brasileira, no primeiro jogo das eliminatórias para a Copa do Mundo Fifa de 2022.

Você pode baixar os arquivos e à orientação para à aplicação da nova marca no site da CBF.

Clique aqui para comentar ( )