Design

Design de Identidade Visual, um guia para designers

O design de identidade visual é um trabalho complexo, como em quase todas áreas de design gráfico. Projectar a identidade visual implica não apenas considerar uma aparência amigável, mas igualmente garantir que existe uma conexão entre o projecto e os valores da corporação para a qual é concebido o projecto.

Poucas vezes os designers partilham com outros como tem sido o processo todo de concepção até a apresentação, concepção do manual de normas e em outros casos, passado algum tempo o redesign da identidade visual. Assim, depois uma longa pesquisa associada a experiência na área concebi um manual que pode funcionar como guia para designers que trabalham com identidades visuais.

 

O que pode ser encontrado?

Este manual inicia com uma reflexão sobre identidade visual, sobre seus elementos e como é que cada um deles funciona e qual a importância de cada um deles, acompanhado de exemplos claros. O que é identidade visual, o que o compõe? Para que serve cada parte e como deve ser concebida?

 

Metodologia

Dificilmente designers trabalham baseados numa metodologia, muita mais é difícil quando se trata de identidades visuais, por isso neste manual o leitor encontra quatro propostas para compreender como funcionam as fases de projecção de identidades visuais e o que é feito em casa uma das fases.

 

A avaliação do projecto de identidade visual

O designer pode trabalhar sobre duas ou três propostas, entretanto encontrar-se numa situação de não saber qual deles melhor defender e com que elementos, por isso neste manual proponho uma forma prática de avaliação do projecto de identidade visual, que ajudará a escolher o projecto que melhor se adequa ao problema proposto pelo seu cliente.

 

Como apresentar um projecto de identidade visual

Um dos maiores erros, que compromete o trabalho do designer é a forma como este apresenta a proposta ao seu cliente, o que deve conter a proposta, o que o cliente gostaria de ver, qual é a sequênca ideal a seguir? Estas questões podem ser respondidas em “Design de Identidade Visual”, com propostas claras sobre como apresentar o projecto de identidade visual.

O Manual de identidade visual

“O manual de marca permite preservar as propriedades visuais e facilitar a correcta propagação, percepção, identificação e memorização da marca. Sem o manual de marca, corre-se o risco de se fazer um uso indevido da marca, perde-se referências, características específicas que nos fazem reconhecer uma marca”, por isso que é feita uma abordagem voltada para o conteúdo que deve constar no manual de identidade visual, acompanhado por exemplos práticos e compreensíveis.

 

Arquivos para entrega

O que entregar após o fecho do projecto? Tenho de imprimir algo? Tenho se manter o cliente dependente? Que implicações isso pode ter? Essas e outra perguntas são aqui respondidas.

 

Redesign de identidade visual

Muitas vezes são desafiados a melhorar sistemas de identidade visual, na sua totalidade ou apenas alguns detalhes. Que significado pode ter um redesign, quando fazer e o que considerar quando se faz? Qual é a sua importância, já que “o objectivo central do redesign é criar ligações cada vez mais fortes entre o a empresa e o consumidor, que se não terão conseguido anteriormente ou que se tenham deslocado.”

 

Outros assuntos indispensáveis que são abordados são o briefing e o processo de naming, que infalivelmente tem uma grande influência no processo de concepção da identidade visual.

O manual pode ser lido gratuitamente através do link: http://bit.ly/Design_de_Identidade_Visual_Melio_Tinga

Não deixe de comentar sobre o que achou de interessante e o que gostaria de sugerir.

Clique aqui para comentar ( )