Design

Elementos Essenciais da Identidade Visual

Debater identidade torna cada vez mais uma tarefa complexa do que discutir o que a origina. Em comunicação visual os elementos, particularmente são a essência paraque seja reconhecida uma identidade visual (IV). Os elementos de identidadevisual são a parte indispensável para que este possa existir, para que façasentido. Quando falamos de elementos falamos das suas partes, do que compõe aidentidade visual e forma o sistema como um todo. Só faz sentido uma identidadevisual baseada em seus elementos, eles é que o fazem existir. Suas designaçõessão diversificadas e divergentes. Peón, 2003, faz uma proposta interessantesobre classificação dos elementos numa identidade visual: primários, secundáriose auxiliares ou de apoio. Esta classificação torna interessante por ser capazde incluir qualquer forma de manifestação da IV.

As organizações usam marcas para que funcionem como elementos representativos desua identidade, já que identidade é no fundo algo abstracto, que não podemosver e nem tocar, podes a perceber através da sua manifestação e pela danatureza e características de seus produtos.

Em Design de Identidades Visuais, os elementos de identidade visual são os que manifestam,percebemos a identidade de uma empresa, através destes. “Essas marcas assumemvárias formas, a partir de nomes, dos símbolos visuais figurativos ou emblemáticose dos logotipos, composições gráficas fixas que estabelecem fácil identificaçãodas empresas e entidades junto a consumidores e usuários” (TORQUATO, 1992 apudCorrêa, s/d )

Símbolo

O símbolo é um elemento que sintetiza e representa uma corporação, que em si carregaatribuições que podem ser directamente ligadas a história, crenças, motivos dafundação da instituição. Referimos a algo simbólico ao que é representativo, quenem sempre está óbvia a mensagem que se quer transmitir, mas que está lá. “Agrande propriedade de um símbolo é a sua capacidade de síntese: ele deve ser rapidamente identificado e associado à instituição.

Por isso, nãodeve ter excesso de elementos (pois isso retarda a leitura, além de dificultara memorização) (…)” (Peón,2003)

Logotipo

“No sentido lato, o termo pode ser usado como o conjunto ormado pela representação gráfica do nome de determinada marca, em letras de traçado específico, fixo e característico (logotipo) e seu símbolo visual (figurativo ou emblemático), o que, por extensão de sentido, pode ser entendido como a representação visual de qualquer marca.” (Wikpedia)

LEIA MAIS NO LIVRO: Design de Identidade Visual

Clique aqui para comentar ( )