Design

Falha no mercado: Mulheres precisam lutar mais que os homens. Ainda…

Vivemos num mundo que está de cabeça pra baixo e do lado avesso!
Não há como negar que existe alguma coisa errada quando ainda vemos mulheres precisando levantar as bandeiras da igualdade.

Recentemente insurgiu um sem numero de mulheres denunciando  assédio na industria de entretenimento – e as denuncias continuam.
Hoje li no jornal (sim, ainda leio jornal) que as mulheres ocupam 16% dos cargos de CEO no Brasil.
Li no Globo.com que é de apenas 11% o numero de mulheres em eleições no clubes de futebol da série A – pois encontram no futebol ambiente hostil”
Ambiente é hostil para mulheres no mundo dos games também.
Experimenta entrar em um jogo multiplayer com um nick feminino…

Tenho dois filhos. Pedro de 3 anos e Miguel de 6 meses. Esses dias o Pedro estava assistindo um desenho em que o persogem vem ao Brasil. Em certa hora, o tal personagem suspira em um prazeiroso pensamento: “ah, essas mulheres…”. Ele estava rodeado de mulheres que sambavam pra ele…
Além de ser essa visão que é vendida lá fora a respeito de nosso país, ainda é uma forma muito clara de doutrinar a criança com a ideia de que a mulher é algo criado para subserviência… Um horror

Já disse anteriormente que nós da área criativa podemos capitanear a mudança que esse mundo precisa!
Libertar-se do padrão de beleza que escraviza e humilha.
Dar mesmas oportunidades e salários para pessoas de ambos os sexos.
Ter em mente que todos os dias são importantes quanto 08/03, 12/06, Dia das Mães, etc…

Um dia tive a oportunidade de conversar com um certo empreendedor da área de marketing digital. E no meio da conversa, começamos a falar sobre mulheres em cargo de chefia, salários etc. A certa altura ele contava com empolgação sobre sua equipe de 6 pessoas que acabara de contratar para as áreas de Criação e TI. Perguntei, só de curiosidade, quantas mulheres ele havia contratado. “Nenhuma”, foi a resposta…
Incentivar a inserção de mulheres nas áreas que há quem acredite ser dos homens é uma das formas de conscientizarmos sobre igualdade.

Hoje, no dia 08/03/18 a Adobe fez uma excelente intervenção sobre isso. E me parece que eles estão realmente engajados nesse propósito!

 

Há ainda um conceito de que atendimento e mídia é que são os lugares da mulher. E isso vem desde que me entendo por profissional :/

E é nesse viés que devemos atuar.
A ponto da mulher ir plena para uma entrevista de emprego sabendo que não deve se preocupar se será ou não contratada por estar concorrendo com um homem.
A ponto de não existir mulher colocada em propaganda “sensualizando” pra vender produtos.
A ponto de que não seja mais necessário escrever sobre esse tema.
Somos criativos. Podemos e devemos ir além.

Viva a Mulher! Sempre!

PS.: Homens. Paremos de assediar e desencorajar as mulheres. Vamos respeita-las e ouvi-las!

Clique aqui para comentar ( )