Cinema e Séries

Homem-Aranha Ultimate. O Aranhaverso

Espetacular! É assim que podemos chamar esse projeto cuja extensa ficha técnica faz jus à produção. Um verdadeiro show de storytelling e design como um todo abrilhantam esse longa com temática atípica ao que conhecemos como Homem-Aranha, já que agora a ideia foi suscitar o multiverso e trazer outras versões do cabeça de teia às telonas. 

A história começa com o Peter Parker narrando em primeira pessoa a maravilha de ser o herói querido da vizinhança e perpassa por diversas situações pautadas nos demais heróis. Com o foco em um colisor de partículas, cunhado pelo Rei do Crime, a fim de trazer à vivência seu filho e esposa, a tão conhecida Vanessa, um acidente acaba por manipular diversas dimensões e consequentemente, brincar com o enredo divertido e intrigante da narrativa, trazendo homens-aranhas de outros planos à Nova York de nosso querido aracnoide.  Outro ponto a ser tocado é que o Peter Parker como conhecemos morre nas mãos do referido vilão e isso não sofre uma ênfase tão grande porque outro Peter (sei, parece loucura, mesmo), mais “despojado” surge.

Mas pera lá, quem é esse tal Homem-Aranha negro?

Miles Morales tem sua primeira aparição em Ultimate Fallout #4 (agosto de 2011), mas nasceu em 3 de agosto de 2002 (sim, nosso herói ainda é um adolescente), criado pelo escritor Brian Michael Bendis, o desenhista Sara Pichelli, e o editor-chefe Marvel Axel Alonso. O personagem da Marvel que assume a identidade do Homem-Aranha para o tempo presente, foi inspirado no ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama e o ator americano Donald Glover. E isso nos mostra uma cutucada notável em questões de cunho social com discussão a respeito de preconceito racial e o papel do negro na sociedade, mostrando como a Marvel tem atentado para questões da interação humana em seus projetos,embora uma parte do público alegando apelo ao politicamente correto e tendo essa possibilidade negada por seus criadores.

Voltando ao filme…

Pois bem, o Miles entre em cena ao ser picado acidentalmente por uma aranha geneticamente modificada pelo amigo do Peter (inimigo do Homem-Aranha), Norman Osborn, na tentativa de duplicar tais habilidades. Ao dar de cara com a batalha em torno do colisor de partículas, o Morales é descoberto pós morte do Peter e agora tem o Gatuno o perseguindo a mando do rei do Crime durante a trama do longa. Nesse intervalo,outros aranhudos surgem e deixam a história ainda mais atrativa.

Entra em cena a Spider-Gwen. No universo da moçoila, Gwen Stacy decidiu ser uma super-heroína Aranha após Peter Parker morrer tentando ser especial como ela. Assim, como a Gwen, Homem-Aranha Noir também veio de outra dimensão. Nesse caso, o Peter Parker dessa dimensão cresceu com os tios paternos durante a Grande Depressão Americana, em 1933 e segue uma experiência temática á época, mas por conta do incidente com o colisor, acaba sendo trazido à nossa dimensão, como outros heróis citados.

Uma jovem garota que atua com uma armadura biomecânica recheada de poderes de aranha construída pelos pais também surge. A SP//dr é conhecida como Peni Parker e depois que seus pais foram mortos, ela é a única capaz de utilizar a armadura em seu universo. O personagem com tom mais cômico é o Porco-Aranha; e também apareceu na saga Aranhaverso. Peter Porker era um porquinho que vivia no porão de uma cientista chamada May Parker. Ela cria o primeiro secador de cabelos atômico e ao testara invenção em si mesma, fica doida de pedra e acaba mordendo Peter – que vira o herói teioso desse plano dimensional. Além de Gatuno, Escorpião e Lápide,Duende Verde Ultimate e uma cientista com visual a lá Octopus, que atua na construção do colisor causando muita confusão dimensional.

No fim das contas, o filme traz um enredo nutritivo em torno de um adolescente(Miles Morales) com seus conflitos pessoais que acaba ganhando poderes de aranha e mais alguns, como a capacidade de ficar invisível e liberar umas descargas elétricas, se tornando o Homem-Aranha Ultimate, e agora precisa lidar com isso em meio à morte do tio que descobre ser o vilão que o perseguia. Junte isso a uma animação poderosa, com muito jogo de luz, angulação visual dinâmica com cores vivas e terá um projeto realmente atraente.Além disso, em algumas cenas o aspecto cyberpunk e disco/LED acaba dando ainda mais charme a tudo isso.

Enquanto Design geral(projeto), a paleta de cores, o retouche, os movimentos, áudio original (bem como a dublagem), leveza e sutilidade do processo animado, assim como cenário e ambientação, o que pode se dizer é que foi tudo muito bem pensado e o projeto foi concluído como uma obra-prima para além do enredo rico e dialogando com as HQs.

Como dito anteriormente, para nerds, amantes de Cinema, designers, publicitários e criativos em geral, pode preparar a pipoca porque essa animação está realmente espetacular.

E é isso. Graça, paz, um copo de suco e teias por aí salvando o mundo de novo.

Clique aqui para comentar ( )