Tecnologia

Loupedeck CT

Um divisor de águas nas ferramentas de produtividade da Loupedeck

Quando falamos de hardware que pode elevar nossa produtividade, pensamos rapidamente em teclados, e mouses, porém há uma categoria que tem crescido bastante, que são os hardwares focados especificamente em atividades de design, e hoje falaremos de uma solução que promete ser um verdadeiro divisor de águas em termos de produtividade.

Lançado em 2017 como um equipamento focado ao uso no Adobe Lightroom, a primeira versão do Loupedeck foi um sucesso estrondoso. Apresentando-se como um console físico com controles dedicados aos ajustes e funcionalidades para o tratamento de fotos, o projeto arrecadou cerca de € 366.631, cerca de 488% a mais que a meta inicial em sua campanha no site Indiegogo.

Sua segunda versão, lançada em 2018 com o nome Loupedeck+ trouxe pequenas inovações em sua interface, com alguns botões adicionais porém sem grandes revoluções. Suas novidades principais, vieram através do aprimoramento de seu software, que passou a oferecer suporte nativo a oturas soluções como o Adobe Photoshop, Premiere, After Effects, Audition, Final Cut, e Aurora Skylum HDR.

Apesar da grande diferença entre sua interface física e seus antecessores, o equipamento manteve-se prático e oferecendo suporte a uma quantidade tão vasta de aplicativos quanto sua versão anterior.

Agora, em sua mais recente versão, lançada no início do último trimestre de 2019, a Loupedeck abriu mão de uma interface pensada para o Adobe Lightroom, e surgiu com algo inovador: o Loupedeck Creative Tool.

Contando agora com 6 encoders, 12 atalhos clicáveis em seu touchscreen, um dial central com um touchscreen central, e mais 20 botões, o Loupedeck CT se mostra mais robusto, oferecendo através de seu software dezenas de opções de personalização para atalhos que agilizam o fluxo de trabalho, desde o processo de tratamento de fotografias, fotomontagens, ao color grading em aplicações de vídeo.

Ahhhh… e com um plus! Tanto os Encoders quanto os atalhos do touchscreen e dial podem ser paginados: com um simples arrasto de dedos, suas funcionalidades podem mudar. Sendo assim, entre customizações de workspaces para diferentes funções e paginações dentro desses workspaces, o número de funções e de adaptações ao seu fluxo de trabalho são imensamente possíveis.

Todas esses diferenciais colocam o Loupedeck CT com sérios diferenciais competitivos frente a outras ferramentas de produtividade, como o Palette Gear, e seu recém lançado aprimoramento, o Monogram (teremos em breve um artigo sobre ele).

Em contato por e-mail a Loupedeck nos informou que já há planos para ampliar a integração nativa entre o equipamento e outros aplicativos como Adobe After Effects, InDesign, Audition, Skylum Luminar 4, entre outros, aumentando ainda mais o potencial do CT.

Com um valor de aquisição de € 499 (cerca de R$ 2.300, fora taxas alfandegárias e com frete grátis) contra € 239 (aprox. R$ 1.100) da versão Loupedeck+, o Loupedeck CT se posiciona como uma ferramenta de produtividade premium, sendo recomendada a profissionais que estejam com o cofrinho mais gordo, ou que precisem de um equipamento que ofereça um grande ganho de produtividade. Vale observar que, dependendo de seu fluxo e volumes de trabalho, o investimento tem rápido retorno garantido.

O Loupedeck CT pode ser adquirido através do site da própria Loupedeck, clicando aqui.

Conhece outras ferramentas de produtividade além das já aqui citadas? Concorda que o investimento em equipamentos de produtividade rapidamente se paga, considerando aumento de eficiência / produção por hora?

Comente aqui e vamos falar mais sobre o assunto.

Clique aqui para comentar ( )