#NãoPrecisoMasQuero

Nem só de memes vive a internet. É preciso muito cuidado ao criar uma nova campanha, pois qualquer palavra ou até mesmo contexto mal interpretado, pode trazer grandes problemas à marca. Os usuários estão de olho em tudo e, se virem alguma coisa de errado, uma nova polêmica é criada.

A Make B, do O Boticário, deu um bom drible em uma possível problematização. Com a supermodelo brasileira Gisele Bündchen no filme, a marca se posiciona falando que a mulher não tem obrigação de se maquiar, mas, se quiser, maquiagem é Make B. Além de Gisele, traz também mulheres bem diferentes umas das outras.

A chave desse comercial não foi o produto, mas sim ter dado à mulher o direito da escolha e ter tratado a beleza natural dela como o ponto principal. Utilizou a frase “não preciso” para firmar o propósito de que a mulher é linda naturalmente e que a maquiagem é apenas um complemento, sem depender dela para realçar seus traços.

Anunciar “produtos de beleza” não é uma tarefa tão simples, pois hoje, mais que nunca, a naturalidade da mulher, em todos os aspectos, está em evidência e muitas têm se orgulhado em aceitá-la. Campanhas de shampoo, por exemplo, vêm abordando sobre assumir o cabelo natural, pois tal produto ajudará a mantê-lo ainda mais bonito, forte e saudável.

Related posts

E-goi Lança Material Educativo Gratuito para Fomentar Estratégia de Dados em Empresas 

Ronaldinho Gaúcho publicou uma mensagem que deixaria de torcer para o Brasil, na verdade era uma campanha genial da Rexona.

Burger King® lança King Costela e faz agradecimento ao PROCON-SP