Cinema e Séries

Painéis Semânticos em Hollywood

www.shutterstock.com

Muita gente acha que os profissionais de criação concebem suas ideias somente através de intuições, mas na realidade não é bem assim. Para criarmos algo temos que buscar referências através de ferramentas criativas, elas nos ajudam a nos organizar e a criar coisas novas para nossos projetos. 

No design uma das ferramentas mais utilizadas para esse propósito são os painéis semânticos, onde podemos criar painéis de referências tanto visuais quanto conceituais. Os estúdios de Hollywood utilizam muito dessa ferramenta para desenvolvimento dos figurinos, maquiagem, ambiente e design dos personagens.

No estúdio Pixar nos deparamos muito com esse tipo de recurso sendo utilizado pelo departamento de Concept Art, que é o departamento responsável por gerar a base visual de um filme.

O ilustrador Jason Deamer trabalhando na Pixar utilizando os painéis semânticos (Foto: www.panoramaaudiovisual.com)

Quando pensamos nesses painéis geralmente lembramos daquelas enormes pranchas com fotografias, ilustrações e anotações, porém também podemos trazer as nossas experiências de convívio com o assunto que estamos abordando no projeto, isso vai gerar mais empatia e trazer um resultado mais significativo.

No projeto do longa Vida de Inseto (A Bug’s Life) de 1998 foi montado um imenso jardim no  estúdio para observar e tirar referências visuais e comportamentais dos insetos que seriam utilizados no filme.

Um dos diretores desse filme e também um dos fundadores da Pixar, o ilustrador e animador John Lasseter, trouxe esse tipo de recurso da escola onde estudou animação, a CalArts – California Institute of the Arts.

CalArts – California Institute of the Arts (Foto: www.calarts.edu)

Essa escola foi fundada pelo próprio Walt Disney com o pensamento de descobrir novos talentos para o seu estúdio, já que os grandes nomes da animação clássica estavam ficando mais velhos e se aposentando da profissão.

Os professores da CalArts eram os próprios veteranos do estúdio Disney, que já utilizavam esse recurso de painéis semânticos em suas animações, por isso é muito comum até hoje ver os alunos da escola visitarem lugares abertos, como por exemplo um zoológico, para desenhar e pegar referências para seus projetos.

Mas muito se engana quem acha que esse tipo de estudo mais aprofundado sobre um determinado tema é utilizado apenas pelos estúdios de animação. A indústria cinematográfica adotou esse recurso e segue utilizando na grande maioria de seus projetos, seja para um filme de época ou para um filme de ficção científica, é um recurso sempre presente.

Estudante da CalArts (Foto: www.calarts.edu)

Toda criação deve ter uma boa referência, por isso sempre devemos fazer um estudo aprofundado do tema para gerar boas ideias e enriquecer o nosso trabalho, isso vai valorizar você como um bom profissional e vai se tornar um diferencial para o mercado criativo.

Clique aqui para comentar ( )