Tecnologia

Placa de Vídeo Dedicada… eu preciso???

Nem sempre é necessário ter uma placa de vídeo dedicada para se atingir resultados excelentes.

Cada dia é mais comum que os processadores venham com ao menos os recursos básicos de processamento de imagens, e nos últimos anos até mesmo a AMD cedeu a isso trazendo em seus processadores recursos de GPU (Graphics Processing Unit – Unidade de Processamento Gráfico). Mesmo assim, muitas vezes são recursos básicos que podem não atender todas as necessidades do trabalho que você irá desenvolver. Em outros casos uma placa de vídeo não representará ganho algum no desenvolvimento do seu trabalho. Então, afinal de contas… eu preciso de uma placa de vídeo dedicada?

Precisamos entender que, hoje, falamos de placas de vídeo que oferecem grandes recursos adicionais e específicos de processamento e temos duas gigantes à frente do mercado: AMD, NVIDIA. É claro que há espaço no mercado para outras empresas, e a Intel pretender entrar na briga também, mas nesse artigo vamos focar em recursos e não nos players de mercado, pois cada uma dessas gigantes trabalha com tecnologias autorais, capazes de acelerar a performance de algumas atividades realizadas em seu computador e não necessariamente, uma é melhor que a outra… tudo vai do seu orçamento e necessidades de trabalho.

NVIDIA RTX 2060
AMD RADEON RX 5700

O que é necessário entender é que, para determinadas atividades alguns fatores de sua GPU são requisitos para o uso de alguns recursos e, sem ela, esses recursos não funcionarão adequadamente. Da mesma forma, a capacidade ampliada de uma placa de vídeo dedicada quando comparada a recursos de GPU integrados ao processador / placa mãe, aumentam a performance e potência de execução substancialmente.

Para exemplificar veja a FAQ do Photoshop (atualizada em 19 de Fevereiro de 2020) . Alguns dos recursos ali listados usam os métodos disponíveis exclusivamente na GPU para funcionarem, como por exemplo o “Desfoque de lente”. De maneira simplificada, o sistema usa a capacidade do processador gráfico para realizar os cálculos de profundidade de campo e realizar os ajustes na imagem. Isso tem muito sentido uma vez que o GPU trata-se de um processador focado em imagens e visuais.

Desfoque de Lente no Photoshop.
A placa de vídeo permite o uso do filtro, porém nada que não possa ser alcançado com a ferramenta Desfoque e algum tempo a mais de trabalho!

Da mesma forma, a renderização de imagens tridimensionais e de vídeos também aproveita-se desse processamento “focado”, promovendo um ganho de performance e em tempo de execução.

O mais importante a avaliar, para entender se é necessário ou não uma placa de vídeo para o seu trabalho, é se os recursos que ela irá disponibilizar te oferecerão um grande ganho de performance e o principal, em âmbito profissional, é se ela te trará retorno sobre o investimento. Às vezes a GPU do seu processador / placa mãe já é o suficiente.

No meu caso, trabalhei por vários anos em várias áreas do design sem demandar recursos específicos da placa de vídeo, e quando comprei a minha foi um modelo de entrada, com recursos suficientes para que eu rodasse alguns joguinhos, ou fizesse uma renderização simples no After Effects. Para a maioria dos trabalhos que desenvolvia até então, não havia demanda de uma placa de vídeo, não para Webdesign, nem mesmo ao usar um ou outro recurso 3D no Photoshop ou Illustrator ou os catálogos que desenvolvo no Indesign. Esse último, por sinal, praticamente não demanda recursos da placa de vídeo. Não havia necessidade de uma placa de vídeo dedicada.

Hoje, que estou iniciando minha atuação na área do design 3D sinto falta de uma placa de vídeo mais potente, capaz de processar com mais velocidade as cenas que tenho elaborado. Da mesma forma, se eu produzisse mais conteúdos em vídeo, que demandassem renderização constante, já teria trocado minha placa de vídeo há uma era.

Então, se você vai precisar ou não de uma placa de vídeo, o fator decisivo será realmente a sua finalidade de uso!

Aqui vão alguns cenários para quem realmente é recomendado ter uma placa de vídeo dedicada:

  • Fotógrafos (sim, o Lightroom se aproveita do aceleramento da placa também)
  • Animadores
  • Artistas 3D (além do render a placa vai te ajudar a ter uma viewport mais ágil)
  • Editores de Vídeo (o Premiere Pro usa muitos os recursos de aceleração)
  • Youtubers (para vídeos renderizados diariamente é necessária uma boa placa para ganhar tempo)
  • Gamers (quanto mais alto os fps melhores suas chances)
Clique aqui para comentar ( )