Design

Quer ser um web designer? Conheça a carreira e veja 12 dicas para quem está começando

A internet chegou para todo mundo. Desde os empresários com mais dinheiro e em regiões centrais, mas até mesmo para pessoas do interior que precisam da internet para obter informações. Para vender algum tipo de produto, é importante ter uma presença na internet. Para informar as pessoas sobre qualquer assunto, incluindo o seu produto ou serviço, é fundamental ter um site para promovê-los. O web designer é o responsável por apresentar essas informações sobre os negócios na internet, com uma estrutura adequada.Por isso, o web designer é uma das partes mais importantes de qualquer organização empresarial. Um bom profissional tem oportunidades de carreiras ilimitadas. Quer aprender mais sobre como se tornar um web designer? Continue lendo!

O que é web design?

O web design é tudo sobre o site que está sendo desenvolvido, o que inclui o design, a forma como funciona e o conteúdo. O profissional deve saber conceituar, planejar e construir um site para determinar o layout, estilos de texto, cores, estrutura, imagens e outros recursos interativos para impactar os usuários.

1º Teoria

Um dos requisitos mais importantes para qualquer site é que ele seja realmente amigável. Se o site for apresentado de uma forma que sobrecarregue o usuário, ele vai partir imediatamente para outros site que se sinta mais à vontade. Se você quer se tornar um web designer, então, tem que entender mais sobre isso. É papel do profissional construir um site de tal forma que seja legível para o usuário.

Deve ser apresentado sem muitos problemas e exibido de uma forma polida, que consiga agradar ao senso estético dos usuários. Dessa forma, o primeiro conhecimento de um web designer deve ser saber como estruturar o site de uma forma que seja simples de navegar e de compreender. Para conhecer todos esses aspectos, é fundamental se preparar bem nos conhecimentos de UX Design, o que vai permitir que você apresente o produto com precisão, conhecendo toda a arquitetura da informação.

2º Linguagem de programação

Os sites são escritos e projetados com algumas linguagens próprias e o web designer deve conhecê-las muito bem. Os mais usados são o HTML (Hypertext Markup Language) e CSS (Cascading Style Sheets). Assim, o HTML é responsável por configurar uma estrutura e a localização dos conteúdos. O CSS é a ferramenta que vai estilizar esse conteúdo, conforme a sua preferência. Como iniciante ou amador, você pode usar formatos de dados que podem ser usados para construir um site sem saber muito sobre as principais linguagens de programação. No entanto, eles podem ser um pouco limitantes para o projeto. Para criar um site com criatividade total e usando tudo o que sabe, é importante conhecer as linguagens de codificação Além disso, é muito importante conhecer também sobre Javascript, a linguagem de programação usada para a criação de sites avançados.

3º Trabalhar Fixo ou Se Tornar uma Web Designer Freelancer?

Existem diversos ambientes de trabalho e carreiras para um web designer. Para se tornar um profissional da área, é importante considerar as diferentes opções e ver qual funciona melhor para você.

Web designer freelancer

Os freelancers gerenciam o seu próprio negócio, além de fazer todo o trabalho sozinho. Isso oferece uma ótima oportunidade de flexibilidade e liberdade. No entanto, é importante entender a pressão pela demanda de entrega dos projetos e também de administrar o seu próprio negócio.

Web designer fixo

A variedade de trabalho que um web designer empregado em agência pode realizar é bem parecida com a de um freelancer. São responsáveis apenas pela parte de web design, ou seja, não precisam administrar uma empresa, mas também não possuem voz ativa nos projetos que assumem.

De acordo com o especialista Matheus Web Designer Freelancer, é muito importante tomar essa decisão logo no começo da carreira. Decidir se quer se tornar um web designer fixo para uma empresa ou se tornar um freelancer que pode trabalhar com maior flexibilidade, atendendo clientes de qualquer lugar no país e no mundo.

4º 3 coisas importantes para saber

O Web design é uma disciplina bem ampla, por isso, você precisa conhecer sobre alguns assuntos relacionados que são fundamentais para criação de qualquer site.

Design Gráfico

Você precisa conhecer os fundamentos da edição de imagens, usando softwares de edição como Photoshop para poder criar imagens ou ainda estruturar o wireframe dos sites.

Protótipos

Você precisa realizar protótipos do seu web design antes de entregar a versão final ao cliente. Os protótipos são ideais para que os seus clientes saibam como o conteúdo vai ser apresentado ao usuário. Por isso, assim que o protótipo é aprovado, é possível seguir para a versão final do site. Isso é muito importante para evitar desperdício de tempo e dinheiro com designs que não são adequados.

Sistema de gerenciamento de conteúdo

Para projetar os seus sites, vai ter que aprender sobre HTML e CSS, como vimos. Você pode usar essa codificação com ótimos editores de código para facilitar esse passo a passo. Além disso, sistemas de gerenciamento de conteúdo, como o WordPress, ajudam na criação de sites para quase todas as finalidades, permitindo também que sejam feitos ajustes no site. Com eles, também é mais fácil de criar modelos ou o seu site completo, com a ajuda de diversos plugins que podem facilitar nesse momento inicial.

5º Princípios de SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é crucial para promover a visibilidade dos sites que você criar para os clientes. É um campo bem extenso, já que muitas pesquisas são realizadas para conseguir ter o melhor ranking do Google. Sabendo utilizar SEO da melhor forma, o site do seu cliente vai chegar nos primeiros lugares das pesquisas dos usuários. Por mais que seja um assunto separado, você precisa saber o básico. Ou seja, como escrever metatags ou ter mais ideias sobre o uso de palavras-chave, por exemplo.

6º Teste dos sites

Estilo e estrutura não são as únicas partes fundamentais para a criação de um site. O site também deve ter um carregamento rápido nos navegadores da web e também deve ser visto corretamente por diferentes tamanhos de tela, ou seja, por celulares ou computadores.

Para isso, é fundamental que você teste os seus sites para navegadores da web, de forma regular.

7º Novas tendências

O web designer é um profissional que deve estar atento às novidades, inovações, novas técnicas e tendências que estão chegando no mercado. Antes que você perceba, já vai ter uma nova tendência que é a líder do mercado. Por isso, se familiarizar regularmente com as novas tendências do web design que chegam no mercado vai te deixar à frente dos concorrentes.

8º Comunidades de web design

Uma das partes mais importantes para se tornar um web designer melhor é conviver e conversar com outras pessoas da comunidade, seja online ou offline. Entrar em contato com essas pessoas permite que você consiga resolver diferentes problemas, além de receber dicas sobre como melhorar o seu trabalho.

9º Habilidades de comunicação

O web designer muitas vezes tem que trabalhar em equipe, precisando de uma cooperação ativa entre designers gráficos, redatores de conteúdo, especialistas em SEO e muitos outros que fazem parte da etapa de criação de site. Portanto, você precisa saber se comunicar com essas outras pessoas de forma adequada para obter a melhor cooperação e ainda interagir com elas para oferecer os melhores resultados aos clientes.

10º Gerenciamento de tempo

A criação de um projeto de web design demanda bastante tempo e concentração, logo, gerenciar mais de um projeto é realmente uma habilidade. Quem deseja se tornar um profissional web designer, precisa dominar as habilidades de gerenciamento de tempo e gerenciamento de projetos para ter sucesso.

11º Feedback

Obter o melhor feedback em relação aos seus clientes é muito importante para melhorar o seu trabalho.A opinião dos clientes, usuários e outros profissionais web designer vai ajudar você a melhorar o seu site mais rapidamente, adicionando informações úteis à sua formação.

12º Tenha um bom portfólio

Para se apresentar ao mercado como um web designer, é importante criar exemplos marcantes do seu trabalho. Com um portfólio, você tem a capacidade de mostrar o seu potencial para clientes ou empregadores. Use toda a sua criatividade e conhecimento para produzir ótimos websites, mostrando a sua personalidade e algo exclusivo às suas criações. Você pode mostrar esses sites para todo mundo para atrair clientes e empregadores, e assim, encontrar novas oportunidades de trabalho.

Conclusão

Falamos sobre os pontos mais importantes para se tornar um bom web designer. No entanto, para se tornar bom em qualquer habilidade, é importante entender os princípios básicos do assunto e sempre colocar em prática o que aprende. Quanto mais você praticar com inovação e paixão, melhor você irá progredir para se tornar um profissional mais qualificado. O básico é que você deve gostar do que faz. Quanto mais gosta, mais aprende e mais prática. Quando você entende o que gosta, o seu estilo, facilmente o dinheiro e novas oportunidades começam a surgir. Por isso, persiga a sua paixão em vez do dinheiro. 

Escrito por: Matheus Teodoro

Clique aqui para comentar ( )