Design

Superdicas de como divulgar o seu trabalho para ser contratado

Não é fácil trabalhar com Design, principalmente sabendo que há uma grande concorrência no mercado. Para você se diferenciar, é imprescindível destacar seus pontos fortes e tudo de bom que você pode proporcionar para os seus potenciais clientes. A melhor forma de fazer isso é criando um PORTFOLIO.

Embora o trabalho de freelancer abra muitas portas e traga muitos contatos, é um caminho muito árduo a se traçar. Para se dar bem, é necessário que você PROVE para as pessoas que o seu trabalho é o mais indicado. Você precisa ter credibilidade. Então se você quer se destacar no mercado, é importante que você reformule o seu portfólio, dá uma repaginada, capricha mesmo! Vou te dar algumas dicas sobre isso:

1. Mostre sobre você, quem você é

Não estou falando para você fazer uma biografia, ok? Não é isso. Mas você pode falar sobre sua formação ou experiências que foram relevantes na sua história. A verdade é que o seu cliente não quer saber se você trabalhou muito como designer ou como mecânico de carro, ele quer saber se você tem PRÁTICA e NOÇÕES APROFUNDADAS em criação (de identidade visual ou qualquer outra coisa).

Por isso é legal você falar sobre a sua experiência acadêmica, os cursos que você já fez, workshops com professores importantes e até mesmo trabalhos voluntários. Isso diz muito sobre você e o seu caráter. Se aprofunde neste detalhe porque pode valer a pena. =)

2. ARRASA na apresentação

Ao procurar por um designer, todo mundo busca por alguém que tem talento, criatividade e experiência. Parece até ser uma fórmula pronta para ter sucesso… mas nem sempre. Porém, use o seu portfólio para mostrar o seu potencial!

Valorizando a apresentação, você vai fazer com que o seu futuro cliente se apaixone pelo seu trabalho e pela sua competência em RESOLVER PROBLEMAS. Afinal, design é exatamente isso. Mas o mais importante de tudo é você dar ênfase para os seus pontos fortes no portfólio.

Você pode levar em consideração a forma como ele será visualizado pelas pessoas. É preciso pensar na funcionalidade. Por exemplo: Não adianta nada você fazer uma apresentação super inédita e inovadora… mas a página demorar para carregar ou não se ajustar ao mobile. Procure fazer tudo de forma responsiva e leve.

3. Coloque só os melhores trabalhos no seu portfólio

Dá uma olhada em todos os seus trabalhos e selecione só os melhores, aqueles que você tem orgulho mesmo ou que tem um acabamento legal. Se você colocar muitos projetos, mostra que você tem experiência mas acaba desvalorizando os melhores. Então neste caso acho qualidade é melhor do que quantidade. Colocar apenas um projeto é muito pouco. Mas se você colocar quatro ou cinco projetos COM QUALIDADE, tá ótimo.

Você pode, por exemplo, separar tudo por categoria: Logotipos, Cartões de Visitas, Cartazes, Folders e etc.

4. Mantenha o seu portfólio atualizado (Por favor!!!)

É muito chato quando a gente entra em uma página ou site e vê que a última publicação foi há dois anos atrás. Dá a impressão de que está abandonado. Isso não é legal. Mantenha o seu portfólio sempre atualizado com os últimos trabalhos que você fez.

Inclusive você pode se dedicar a fazer projetos pessoais de estudos e postar regularmente. Isso é bom para manter atualizado, estudar e mostrar a sua evolução.

Outra vantagem de deixar o seu portfólio atualizado é que você estará postando com frequência nas redes sociais e automaticamente estará divulgando os projetos novos e os não tão novos.

5. Tenha a sua própria identidade

Se você cria identidades visual, é esperado que você tenha a sua própria identidade. A sua identidade visual trará um aspecto profissional para o seu trabalho. Com uma identidade visual, na maioria das vezes você deixa de ser visto como um amador. Por isso, crie o seu próprio logo, abuse das formas e cores, aposte em fontes próprias, use todos os recursos possíveis para falar de VOCÊ.

6. Arrumei meu portfólio. E AGORA?

Agora que você está com o seu Portfólio ajeitadinho, bonito, organizado e bem apresentado, é hora de divulgar por aí, mostrar para o mundo porquê você veio!

Você pode começar divulgando entre os seus amigos, pendido feedbacks. Também pode divulgar o seu portfólio em grupos de redes sociais e até mesmo criar uma página sua no Facebook. Assim você poderá fazer Update dos seus trabalhos diretamente para as pessoas que te seguem.

Se você criar uma página no Facebook a partir do seu perfil pessoal, automaticamente todos os seus amigos virarão seus seguidores na página. Porém, não dá para alterar o nome. Será exatamente o seu nome como está no perfil pessoal. Para saber mais, é só clicar AQUI.

DICA DE OURO:

Muitas pessoas acham que é muito difícil conseguir uma chance de emprego em uma agência ou estúdio grande. Até hoje eu só encontrei uma forma de ser percebido por eles de forma eficiente:

1. Faça uma lista dos estúdios/agências que você gostaria de trabalhar

2. Ligue para o estúdio/agência e pergunte se você pode ir lá um dia para mostrar o seu portfólio e receber alguns feedbacks. Normalmente dá certo.

3. Vá no dia marcado e não se atrase! Esteja preparado com uma apresentação linda de viver!

4. Ainda que no início não tenha expectativa de ser contratado, você estará tendo a chance de mostrar seu trabalho para bons profissionais da área. De duas, uma: Ou ele pode gostar de você e te contratar assim que surgir uma vaga; Ou ele pode te dar um feedback e você volta lá, depois de uns 2 meses, mostrando a sua evolução. E aí o jogo pode virar, porque não? Rs

Agora vai lá dar uma olhada no seu portfólio e veja os pontos que podem ser melhorados. Boa sorte!

Clique aqui para comentar ( )