Design

Uma semana após o Adobe Max, o que você está fazendo com seu talento?

Inspiração nunca é demais, e pode mudar a forma como você direciona o seu talento.

Uma semana se passou desde o Adobe Max, e foi uma longa semana.

Além de ser bombardeado com muitas e muitas novidades em praticamente todos os aplicativos da Creative Cloud, além da espiada nas futuras tecnologias que estão em desenvolvimento nos laboratórios da Adobe, foram praticamente 56 horas de conteúdos, distribuídos entre sessões, lives, e laboratórios. Some a isso o fato de que não parei meu trabalho regular, enquanto assistia as apresentações. Ou seja, fiquei exausto! Ainda estou exausto. Mas isso não quer dizer algo ruim.

Talvez por muitos painéis terem sido gravados e editados previamente, a Adobe MAX teve um cuidado especial em tornar cada momento sensível, inspirador, e motivacional. No entanto, não é só a gravação! São as pessoas.

Cada uma das pessoas que se envolveu no evento é claramente um apaixonado pelo que faz. E é isso o que foi o mais tocante, principalmente porque praticamente todos foram tocados pelos problemas práticos, situações funcionais, e o lado humano, durante a crise do COVID-19.

E é isso que me gera a pergunta: o que você está fazendo com seu talento? Como o seu design está mudando o mundo?

Uma sessão em si me tocou muito e me fez me questionar isso: What I’ve Learned Since March 15: Changes, Lessons, and Enlightenments (em tradução livre: “O que eu aprendi desde 15 de Março: Mudanças, Lições e Compreensões”), apresentada pelo designer gráfico Aaron Draplin, onde ele fala sobre empoderamento, sobre a força do design como força comunicacional.

A maioria das sessões e lives feitas no evento estão disponíveis no site da Adobe Max e podem ser assistidas a qualquer momento no site Adobe Max. Então o que posso dizer é que vale a pena assistir os eventos e se inspirar, se questionar, humanizar-se, desafiar-se, e o clichê: se reinventar!

E você? O que está fazendo com a sua arte?

Clique aqui para comentar ( )