Fotolia

Aprendendo com os Fracassos

Fala criativos!

Hoje iremos discutir um assunto muito recorrente a todos nós: Fracassos, o que são e o que podemos tirar de positivo deles. No dia-a-dia, seja na sua vida pessoal ou na sua vida profissional, eventualmente você passou e voltará a passar por períodos de crise, dias que não passam, erros contantes e eventualmente um fracasso. Este pode vir na forma de uma demissão, a falência do seu negócio, um divórcio e um milhão de outras formas possíveis. Sim, trata-se de uma situação estressante mas que não só é possível na vida de qualquer um, mas deve ser encarada com maturidade e ,principalmente, muita mente aberta, falaremos mais sobre isso nos tópicos seguintes.

imaginary light switch IMG_7469

Foto de Lynn Friedman

O QUE É UM FRACASSO?

Você, assim como eu, em algum momento de calmaria durante a vida já parou para refletir sobre o seu caminho até aqui, o que deu certo, o que deu errado e para onde se deve seguir. Muito comum a nossa tomada de decisões ser influenciada por nossas emoções, essas por vezes são inerentes a todo o ser humano, mas ter um domínio sobre elas lhe fará ter um olhar crítico mais apurado, lógico e menos tendencioso. Retomando, a partir do momento que nos influenciamos mais pelas nossas emoções e menos por um olhar crítico, é comum cometermos erros. E a grande verdade é que a infância de um fracasso é um erro, sendo assim um fracasso se trata da sucessão de diversos erros por um determinado período de tempo dentro de um contexto específico.

O que e quando podemos configurar algo como um fracasso? Geralmente a percepção de algo como tal vem após uma certa avaliação baseada nos objetivos e valores de cada um, e notarmos certa discrepância, por isso é recorrente assumirmos que fracasso é algo muito pessoal, o que é para mim pode ser visto como tal, para outros pode não ser. A importante enfatizar que o fracasso tem um peso muito maior que o erro, fracassos marcam as pessoas e, assim como ferimentos reais, alguns deixam cicatrizes bem feias que muitos levam ao longo da vida. O fracasso pode derrubar uma pessoa, pode lhe fazer desistir de uma carreira, de um projeto, de uma pessoa, de certa maneira podemos assumir que o fracasso é um momento de epifania que implica em uma mudança imediata.

Break through...

Foto de Jakob Lawitzky

FRACASSOS SÃO FUNDAMENTAIS

Após a avaliação de uma situação como um fracasso, é essencial que nos permitamos adentrar em um período de perdão. Assim como é necessário aceitarmos erros como parte de um processo contínuo de aprendizado, compreender que o fracasso é um composto de diversos erros que ocorreram por vários motivos também se faz necessário. Temos que avaliar que o simples fato de identificarmos algo como um fracasso já um grande aprendizado e avanço no geral, é como um capitão que muda a direção de um barco pois para o  lado que estava indo não existe terra.

Sim, é provável que você tenha perdido tempo e outros recursos no processo até essa compreensão, mas imagine o quanto mais isso poderia se prolongar se você não tivesse essa reflexão, imagine todo o prejuízo que isso poderia acarretar a você e seja grato por ter percebido agora. Lembre-se também que existem muitos fatores externos que estão muito além de nosso controle, não podemos controlar as pessoas, a economia, o tempo e mais um milhão de coisas, a única coisa que podemos controlar somos nós, nosso pensamentos e nossas ações, portanto perceba até que ponto o fracasso se deve a sua pessoa e o quanto ela se deve a fatores externos, você verá que muito do que você está se culpando não faz sentido.

Foto de Daniel Hadley

Após esse período de perdão, é preciso passar por uma aceitação e seguir em frente. Fracassos são marcantes, por isso faça sempre questão de não esquece-los, mesmo tendo perdoado o que aconteceu. Pode parecer muito estranho todo esse discurso de “abraçar seus fracassos”, mas existem grandes exemplos de artistas, empreendedores e grandes figuras públicas que só conseguiram ser bem-sucedidos em diversas áreas da vida após perdoarem e aceitarem os seus fracassos, um dos melhores exemplos é o da escritora de Harry Potter, J.K. Rowling:

Como você notou, fracassos compõem o caráter de uma pessoa, dificilmente você encontrará alguém que é considerado um modelo em alguma área que não tenha passado por algum grande fracasso no caminho. Lembre-se que não existe prova maior de que você está tentando do que falhar, se você não falhar no percurso, chances são de que você não está tentando algo realmente importante. E assim como qualquer coisa que fazemos rotineiramente, quanto mais fracassos você acumular, mais próximo você se encontrará do sucesso. Isso porque você passará por umas dessensibilização ao fracasso, o famosos “medo de fracassar” e quando medo some sobra apenas a coragem de perseverar. Bom pessoal, por hora é isso que tenho a lhes dizer, espero que tenham gostado e se motivado a falhar mais sem medo, nos falamos no próximo post.

Clique aqui para comentar ( )