Cinema e Séries

Atômica | Novo filme de Charlize Theron é luta, música e muito mais.

Assim como as Guerras Mundiais, a chamada Guerra Fria é, ao seu próprio modo, também um período bastante fértil para artistas criarem as suas histórias. The Coldest City é uma graphic novel escrita por Antony Johnston e ilustrada por Sam Hart que tem clima frio e impessoal da época como pano de fundo e acaba de ganhar uma adaptação para cinemas. Atômica (Atomic Blonde), que estreia no próximo dia 31 de agosto, conta com a direção de David Leitch (John Wick) e os astros Charlize Theron (Mad Max) e James McAvoy (X-Men) no elenco.

Atômica: Baseada na HQ The Coldest City, a trama de espionagem se passa em Berlim, durante a Guerra Fria.

A trama, ambientada em Berlim, momentos antes da queda do muro que dividiu a cidade por 28 anos, traz um McGuffin recorrente a filmes do gênero – a tão famosa lista de agentes ativos em operação – mas nem por isso deixa de ser intrigante. Aqui, um agente inglês é assassinado e a tal lista acaba nas mãos de um agente soviético, que imediatamente a coloca à venda. Lorraine Brougthon (Charlize Theron) é enviada pela Inteligência Inglesa para, junto com o chefe da estação local David Percival (James McAvoy), tentar recuperar o dossiê e, de quebra, desmascarar um espião que está fazendo jogo duplo.

Juntos, mas separados: Lorraine (Charlize Theron) e David Percival (James McAvoy) desconfiam um do outro.

A narrativa se desenrola em duas linhas de tempo. Em uma delas, acompanhamos a agente Lorraine prestar depoimentos a seus superiores sobre a sua missão em solo alemão. Na outra, vemos a missão sendo executada e todos os percalços que a nossa heroína enfrenta. Embora a trama pareça ser complexa, dá para seguir até o final do filme sem se perder. A direção de arte e o figurino estão perfeitos, conseguindo emular com precisão as duas Alemanhas do fim dos anos 80. A maquiagem também faz um excelente serviço ao deixar marcas das lutas nos corpos dos personagens ao longo do filme. Mas o grande destaque vai para a trilha sonora, repleta de sucessos da época. As cenas de ação são embaladas pelas canções de George Michael, The Clash, New Order, entre outros.

Ossos do ofício: As marcas das lutas acompanham a personagem por todo o filme.

Por falar em ação, o diretor David Leitch conseguiu criar cenas de lutas e tiroteios empolgantes e muito bem coreografados, usando planos longos e enquadramentos próximos dos personagens. O resultado lembra bastante o seu trabalho anterior, De Volta ao Jogo (John Wick, 2014) e as cenas da franquia Bourne. O elenco conta ainda com Sofia Boutella (Agente Delphine), Eddie Marsan (Spyglass), John Goodman (Emmett Kurfeld), Toby Jones (Eric Gray) e James Faulkner (Chefe C).

De volta ao jogo: David Leitch cria cenas de ação no mesmo nível de John Wick e Jason Bourne.

Misturando sensualidade, brutalidade e uma excelente trilha sonora, Atômica é um filme bonito de ver, empolgante de assistir e delicioso de ouvir. Confira o trailer abaixo e bom filme!

 

Clique aqui para comentar ( )