Inspirações

Com design diferenciado, nova plataforma promete revolucionar o e-mail

Desde a popularização da internet, quase todas as suas ferramentas já passaram por transformações profundas. Para comprovar isso, basta comparar o design e a interface de um site de 2000 e de um atual. Porém, as plataformas de e-mail sempre carregaram simplicidade e não tiveram uma evolução tão visível, pelo menos nos últimos anos.

Recentemente, a empresa Basecamp lançou uma plataforma que carrega a promessa de transformar o modo como lidamos com nossos e-mails, e boa parte das transformações passa pelo design e pela experiência do usuário. Trata-se do serviço de e-mails Hey.

A primeira premissa do Hey é a eliminação da inteligência artificial na hora de organizar seus e-mails. Os serviços mais consagrados, como o Gmail, organizam suas mensagens automaticamente em pastas, como promoções, spam, redes sociais etc. No Hey, cada vez que você recebe um e-mail novo, escolhe para onde aquela mensagem vai. Dessa maneira, quando aquele endereço te corresponder novamente, essa ação será seguida pela plataforma.

Além disso, ao receber uma mensagem de um novo destinatário, você pode escolher se deseja recebê-la ou não, eliminando aquelas mensagens indesejadas que vemos constantemente. A caixa de entrada do Hey é dividida em três partes: a principal, com as mensagens pessoais importantes, uma destinada aos boletins de notícias e notificações pertinentes das redes sociais e outra para documentos, como comprovantes de pagamentos e confirmações de compras.

A segunda caixa de entrada citada é uma revolução à parte no mundo dos e-mails. Com um design inovador, suas mensagens são exibidas como em um feed de rede social, com sistema de rolamento que exibe toda a mensagem. Pode parecer banal, mas faz diferença se você é daqueles que adora assinar newsletters de seus sites favoritos.

A equipe do site TechReviews analisou possíveis consequências deste novo serviço. De acordo com o analista de rede Gabriel Fernandes, a função de escolher se deseja receber e-mails de determinado endereço poderá trazer mudanças profundas até no marketing, caso a plataforma se consolide: “Com um poder de veto muito mais ativo dos usuários, as empresas que quiserem aproveitar o e-mail marketing terão que fazer conteúdos de muito maior qualidade e pertinência para conseguir a aprovação de seus clientes”.

O design do Hey é extremamente chamativo por conta de sua simplicidade. Estamos acostumados com serviços de e-mail que preenchem toda a tela, deixando-a repleta de informações e subdivisões. No Hey, tudo é centralizado e o usuário tem total controle sobre a tela. As cores leves ajudam a transmitir a sensação de limpeza. Além disso, as ações são feitas através de popups pensados em facilitar a vida de quem utiliza o serviço.

O serviço também conta com funções interessantes que ajudam na organização pessoal, por exemplo, renomear e-mails para ajudar na identificação e marcar mensagens para responder mais tarde. Outra utilidade do Hey está na privacidade, que utiliza tecnologias avançadas de proteção ao usuário. O preço do serviço está um pouco fora da realidade brasileira: 99 dólares por ano. Porém, há a possibilidade de que um lançamento específico para o Brasil diminua este valor.

Clique aqui para comentar ( )