Comportamento

Crédito negativado: dá pra buscar solução, viu!

Não dá pra fazer nada com o nome sujo… mas esse problema tem solução

Com a crise econômica gerada (ou agravada, dependendo do ponto analisado) pela crise pandêmica do COVID-19, muitos brasileiros tiveram suas reservas esgotadas, ou até mesmo passaram ao amplo hall dos negativados (cerca de 62 milhões de brasileiros, segundo o Serasa). O problema é que sem crédito não dá nem mesmo para conseguir um empréstimo, seja para a quitação das dívidas, ou para o atendimento de uma necessidade ou urgência.

O mercado foi alterado drasticamente pelas medidas tomadas para a contenção do vírus COVID: enquanto várias empresas tiveram seu funcionamento restrito, inúmeras outras precisaram se adaptar à realidade de que o comércio online poderia manter seus faturamentos, até mesmo fazendo-as crescer com a diminuição das restrições. Para nós, designers, isso gerou inúmeras possibilidades, ao mesmo passo em que afetou em muito o fato de que as mídias impressas acabaram perdendo bastante de sua objetividade nesse período.

Dinheiro foto criado por stockking - br.freepik.com

Automaticamente, isso afetou em geral o faturamento de todos, fazendo com que muitos de nós entrasse em um cenário financeiro complexo, principalmente os freelancer que dependiam das mídias impressas. Algumas dívidas se acumulam e pronto: começamos a ter o crédito negativado e a bola de neve começa.

Enfim, seja para quitar dívidas ou para ficar longe das listas de proteção ao crédito, ou para resolver uma emergência, há boas opções de empréstimos para negativados. E não, os processos não são tão burocráticos assim, e vale a pena a burocracia frente aos problemas que um nome negativado geram.

Um bom planejamento e educação financeiras ajudam a não entrar na bola de neve novamente, mas é necessário tomar decisões sérias e conscientes para sanar o cenário, e não transferir o mesmo de um lugar para o outro, e há também empresas e fintechs como a Plusdin, que oferece além de produtos financeiros, conteúdo e ferramentas para te auxiliar como melhor gerenciar suas finanças.

Como alguém que lutou anos para organizar as finanças eu recomendo: estudem, conheçam as opções, e busquem sanar a negativação. Sei que o momento é difícil, mas uma preocupação a menos é sempre bom!

Imagens: br.freepik.com

Clique aqui para comentar ( )