Comportamento

Evolução e méritos – Contabilizando os ganhos do ano!

Estamos há 11 dias do início do último mês do ano, dezembro.

Particularmente, tive a impressão de que o ano passou mais rápido do que nunca. E ouvi isso de muita gente. Porém não tenho razões pra me assustar quanto à isso. Uma das minhas promessas para 2018, feita no fim de 2017, era ter um planejamento nítido, e seguí-lo, sempre que possível, à risca.

Tracei algumas metas e objetivos, de curto à longo prazo. Metas, ao meu ver, são ações necessárias para se atingir objetivos, e trabalhei forte nelas pra que pudesse ter alguns objetivos concluídos. E se teve uma palavra pra resumir o ano, pra mim, foi produtividade. Não uso isso de forma alguma para “me gabar” ou coisa do tipo, mas uso pra tentar te direcionar à fazer o mesmo, caso planejamento não seja teu forte. Até porque, muitas das pessoas que disseram que também sentiram que 2018 voou, me disseram que mais “viram o tempo passar” do que foram protagonistas do seu próprio tempo no ano.

Pra que você não seja vítima disso, te indico:

Uma folha de papel e uma caneta. Algumas horas de reclusão pra pensar com clareza. Colocar nessa folha seus sonhos e objetivos de curto à longo prazo, e quais seriam as metas para alcançá-los.

Uma agenda para 2019 – Tenha sempre seu dia planejado na noite anterior, nunca deixe nada em branco. O ideal é estar sempre em atividade e cheio de compromissos, nem que os mesmos sejam para seu lazer (fator mais que necessário pra refrescar sua mente dentre as obrigações semanais).

Comprometimento com você mesmo. Não há nada mais importante que isso. Não engane a si próprio e vá sempre em busca do que deseja.

Resolvi escrever sobre isso no meu artigo da semana porque me peguei pensando em tudo que consegui alcançar nesse ano. Tudo tinha sido planejado em dezembro de 2017 e as coisas foram acontecendo com a maior naturalidade do mundo, porque levei à sério todas as metas também. Cito como exemplo a minha entrada no time de redatores do portal Design Culture, que pra mim, foi fruto da promessa feita à mim mesmo sobre começar a escrever sobre alguns assuntos que, antes de mais nada, me interessassem, e levada à sério escrevendo semanalmente sobre alguma coisinha, por mais simples que fosse. Cito também minha oportunidade de participar do maior evento de criatividade da América Latina, o Pixel Show, que também estava em meus planos para o ano: meta essa atingida com muito trabalho duro e constante evolução em meu projeto pessoal de lettering, MEIRADG. Poderia citar também diversos outros objetivos atingidos, dentre eles: o sucesso na “carreira solo” como freelancer, após anos e anos trabalhando em agências e estúdios; a oportunidade de ter meu trabalho admirado e comprado por pessoas de todo o Brasil, o reconhecimento de muita gente que admiro por aí; etc!

O ano foi muito proveitoso. É óbvio que muita coisa também não rolou, mas dentre essas, muitas também não dependiam apenas de mim. E pra essas coisas rolarem em 2019, já estou trabalhando em dobro desde agora.

A caça aos sonhos é real e não é tão difícil quanto imaginamos. Planeje-se, leve você mesmo à sério, vá sem medo, busque aprendizado diário, evolução profissional. Nada vai cair no seu colo.

Obrigado pela leitura e um abraço,

Bruno Meira – @meiradg

Clique aqui para comentar ( )