Fenearte em Pernambuco tem dezenas de atividades

Com mais de 60 atividades, a 23ª edição da Fenearte chega à segunda semana de programação no Centro de Convenções de Pernambuco. A maior feira de artesanato da América Latina tem recebido pessoas de todas as idades para visitar cinco mil expositores e participar das atividades espalhadas no pavilhão do Cecon, em Olinda. São mais de vinte corredores ocupando 25 mil m². Neles, mestres e artesãos de Pernambuco, de outros estados e países, além de etnias indígenas e instituições sociais pernambucanas, expõem trabalhos em cerâmica, madeira, couro, fibra, metal e papel, entre outros materiais, inclusive reciclados. Paralelamente à feira, a Fenearte amplia a imersão cultural com outros espaços, no Circuito Fenearte.

Passarela Fenearte, que tem lançado luz sobre a produção de moda autoral pernambucana, terá programação até o próximo sábado (15/7), sempre começando às 18h.  Pelo espaço, que fica no mezanino, vão desfilar estudantes de instituições de ensino do Estado, além de projetos convidados pela Secretaria da Mulher de Pernambuco e das Quilombolas de São Lourenço (Goiana).

Ao lado, a Cozinha Fenearte tem atraído pessoas interessadas em gastronomia ou que atuam na área para conhecer receitas e conversar com chefs. De quarta-feira (12/07) a domingo (16/07), serão apresentadas receitas inéditas inspiradas nas regiões pernambucanas. Nesses dias, vão cozinhar ao vivo os chefs Jonathas Liandro (Negro Brownie, Caruaru), Carmem Virgínia (Altar Cozinha Ancestral, Recife), Anna Corinna (Assucar, Recife), Natália Oliveira (Bar do Cabo, Recife), Negralinda, Lúcia Soares, Cláudio Manoel e Rapha Vasconcellos (Moendo na Laje, Recife). Ao final de cada apresentação, duas pessoas da plateia serão sorteadas e farão degustação do prato.

Espaço Janete Costa, um dos primeiros ambientes a receber o público, continuará aberto para visitação e conversas que têm como centro de discussão o design e a sustentabilidade. A programação, que continua de 11/07 a 14/07, vai refletir sobre “Artesanato X Design na Semana Criativa de Tiradentes”; “O Design que Faz Circular” e “Design Sustentável”. Também lá será lançado o livro “Além do Barro”, de Márcio Sá.

Sempre à tarde, a Fenearte inicia a programação de shows diários. No Palco Cultura Popular, que recebe quatro apresentações por dia, a partir das 15h, vão passar nomes como Bloco Lírico Compositores e Foliões, Vitoria do Pife, Samba de Coco Raízes de Arcoverde e Marília Parente. Já no Palco Alternativo, estarão, a partir das 19h, Bonsucesso Samba Clube, Chorinho Cambuca, Isabela Morais e Mazuli, entre outros nomes.

Oficinas – Sete salas recebem, diariamente, atividades formativas para pessoas interessadas em aprender ou aperfeiçoar técnicas artesanais. Por lá serão ministradas as oficinas “Ecojoias, acessórios de moda: A criatividade no descarte impulsionando o empreendedorismo” (Beth Cyrne), “Reco-reco de bambu” (Mestre Jorge Ferreira), “Bordados com sacolas plásticas” (Raphaelle Brito), “Moda Upcycling: Bolsa em tricô sem agulha” (Marina Prado), “Boneco de mamulengo” (Mestre Bila), “Barro, som e poesia – produção de instrumentos musicais em argila” (Mestre Nado); “Cerâmica para todos” (Mestre Nena), e Técnicas com linhas Pingouin. Elas acontecem às 14h30 e às 18h, de segunda a sexta-feira, e às 13h e 17h, aos sábados e domingos.

Programação

CONVERSAS INSTIGANTES NO ESPAÇO JANETE COSTA

11/07: 16h – “Artesanato X Design na Semana Criativa de Tiradentes” – Ana Vaz (designer têxtil), Júnior Guimarães (produtor cultural da Semana Criativa de Tiradentes) e Núbia Gomes (desenhista e artesã têxtil)

12/07: 17h – Lançamento do livro “Além do barro” (Márcio Sá) e bate-papo com o autor e mediação de Diogo Helal

13/07: 16h – “O Design que Faz Circular” – Jackson Araújo (ativista e diretor criativo do projeto Trama Afetiva), Jorge Feitosa (designer de moda) e Mariana Amazonas (ecodesigner, cofundadora da Roda)

 14/07: 16h – “Design Sustentável” – Barão di Sarno (designer, ativista, sócio-fundador da Questtonó), Fabiano Pereira (consultor de inovação e design estratégico, diretor do Istituto Europeo di Design – IED) e Leopoldo Nóbrega (artista plástico ceramista, designer, consultor em mercado e processos criativos)

PASSARELA FENEARTE

11/07: 18h – UNIFBV; 20h – Senai Caruaru

12/07: 18h – UFPE CAA; 20h – Senai Paulista

13/07: 18h – Secretaria da Mulher de Pernambuco apresenta Ceame, com acessórios Café com Arte/Centro Mangue; 20h – Secretaria da Mulher de Pernambuco apresenta Mestra Lalá, com acessórios Café com Arte/Centro Mangue 

14/07: 18h – Secretaria da Mulher de Pernambuco apresenta Arte da Terra, com acessórios Café com Arte e Mulheres Quilombar; 20h – Faculdade Senac Recife

15/07: 18h – Faculdade Senac Caruaru; 20h – Quilombolas de São Lourenço

COZINHA FENEARTE

12/07, às 16h30 – Chef Jonathas Liandro (Negro Brownie, Caruaru)

13/07, às 17h30 – Chef Carmem Virgínia (Altar Cozinha Ancestral, Recife)

14/07, às 16h30 – Chef Anna Corinna (Assucar, Recife); 18h30 – Chef Natália Oliveira (Bar do Cabo, Recife)

15/07, às 16h30 – Chef Negralinda; às 18h30 – Chef Lúcia Soares

16/07, às 16h30 – Chef Cláudio Manoel; às 18h30 – Chef Rapha Vasconcellos (Moendo na Laje, Recife)

OFICINAS FENEARTE

Às 14h30 e às 18h, de segunda a sexta-feira, e às 13h e 17h, aos sábados e domingos.

11 a 16/07: 

“Ecojoias, acessórios de moda: A criatividade no descarte impulsionando o empreendedorismo” (Beth Cyrne)

“Reco-reco de bambu” (Mestre Jorge Ferreira)

“Bordados com sacolas plásticas” (Raphaelle Brito)

“Moda Upcycling: Bolsa em tricô sem agulha”(Marina Prado)

“Boneco de mamulengo” (Mestre Bila)

09 a 12/07: “Cerâmica para todos”(Mestre Nena)

13 a 16/07: “Barro, som e poesia – produção de instrumentos musicais em argila” (Mestre Nado)

Até 16/07: Técnicas com linhas Pingouin

SHOWS

Palco Cultura Popular

Terça-feira (11/07)

15h – Nailson Vieira

16h – Ciranda Terno da Mata

17h – Bloco Lírico Compositores e Foliões

18h – Ivison Trio

Quarta-feira (12/07)

15h – Clube Indígena de Canindé

16h- Repentistas Antonio Lisboa e Joao Lídio

17h- Bumba meu Boi Tira Teima

18h – Dom Santana

Quinta-feira (13/07)

15h – Boi Dourado

16h – Grupo de Coco Chinelo de Iaiá

17h- Bloco Carnavalesco Misto Batutas de São José

18h – Vitoria do Pife

Sexta-feira (14/07)

15h – Grupo Cultural Fulni-ô

16h- Luciano Leonel – repente

17h- Boi Marinho

18h- Coco de seu Mané

Sábado (15/07)

15h -Banda de Pífanos São Sebastião

16h- Troça Carnavalesca Mista Abanadores do Arruda

17h- Samba de Coco Raízes de Arcoverde

18h- Marília Parente

Domingo (16/07)

15h – Boi Cara Branca de Limoeiro

16h- Grupo Cultural Os Meninos do Coqueiro (Banda de Coco: Meninos do Coqueiro)

17h- Coco e Ciranda do Mestre de Goitá (Coco de Roda e Ciranda do Mestre Goitá)

18h- Berinho Lima

Palco Alternativo

Terça-feira (11/07)

19h- Dionízio

20h30- Isabela Morais

Quarta-feira (12/07)

19h – Chorinho Cambuca 

20h30- Rogéria Dera

Quinta-feira (13/07)

19h- Uana

20h30- Amun Há

Sexta-feira (14/07)

19h- Mazuli

20h30- Abulidu

Sábado (15/07)

19h- Larissa Lisboa

20h30– Erisson Porto 

Domingo (16/07)

19h- Seu Pereira 

20h30- Bonsucesso Samba Clube

ESPAÇO INFANTIL: Das 14h às 22h – (R$ 25 para 30 minutos de atividade)

Oficinas:

Aquarela: as crianças são estimuladas a misturar cores, controlar a intensidade da água e criar obras de arte com pincéis e tintas aquarela;

Sensorial: explora os sentidos de forma lúdica e interativa através do contato com argila para produção de objetos;

Corpo e movimento: por meio de jogos, danças, exercícios e atividades físicas, as crianças desenvolvem habilidades motoras, coordenação, equilíbrio e consciência corporal;

Isopogravura: utilizando pedaços de isopor como matriz, as crianças aprendem a criar desenhos em relevo. São exploradas diferentes técnicas de gravação e finaliza com a impressão desses desenhos em papel, permitindo que elas criem suas próprias estampas e ilustrações;

Brincar livre: para proporcionar um espaço de livre expressão e diversão, onde as crianças têm a liberdade de explorar e criar suas próprias brincadeiras, sem restrições ou direcionamentos específicos.

23ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte)

Quando: até 16 de julho

Onde: Centro de Convenções de Pernambuco

Horário: 14h às 22h – de segunda sexta-feira; 10h às 22h – sábado e domingo

Valores dos ingressos: segunda a quinta-feira – R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia); sexta, sábado e domingo – R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia)

Pontos de venda dos ingressos: 

On-line: https://www.acessoticket.com/fenearteLoading… (acessoticket.com)

Bilheteria da 23ª Fenearte (Centro de Convenções de Pernambuco)

Shopping Boa Vista (Quiosque Ingresso Prime – piso térreo em frente à Casa Pio)

RioMar Shopping (Quiosque Ingresso Prime – piso térreo em frente à loja Kinitos) 

Shopping Tacaruna (Quiosque Ingresso – piso L1 em frente à loja Riachuelo)

Shopping Recife (Loja Ingresso Prime – Alameda de Serviços)

Plaza Casa Forte (Loja Cabrolando – piso L2 ao lado da Loccitane)

Shopping Guararapes (Loja Artesanato Jaboatão – ao lado do Game Station)

Paulista North Way Shopping (Quiosque Ingresso Prime – piso L1 em frente à C&A)

Caruaru Shopping (Loja Ingresso Prime – piso térreo ao lado da Kopenhagen)

Política de ingressos:

Meia-entrada: Estudantes; idosos (pessoas com mais de 60 anos); jovens pertencentes à família de baixa renda (de 15 a 29 anos – com apresentação do Cartão do ID Jovem); pessoas transplantadas; doadores de órgãos ou tecidos; doadores regulares de sangue ou medula óssea; professores dos sistemas Federal, Estadual e Municipal de ensino; servidores do Sistema Estadual de Ensino; portadores de câncer (e acompanhante, quando necessário); crianças com idade entre 7 e 12 anos.

Gratuidade: Pessoas com deficiência (e acompanhante, quando necessário); crianças com idade inferior a 7 anos; portadores da Carteira de Artesão de PE. Para isso, é necessário se credenciar no Balcão de Informações.

TRASLADOS – Segunda a sexta, das 13h às 23h; Sábados e domingos, das 9h às 23h

Shopping Tacaruna – serviço de micro-ônibus gratuito a cada 15 min do shopping até o Cecon-PE, e vice-versa

RioMar Shopping – serviço de micro-ônibus gratuito a cada 30 min do shopping até o Cecon-PE, e vice-versa

ACESSIBILIDADE

Pessoas com deficiência sensorial (cegas ou com baixa visão, e surdas ou ensurdecidas falantes de Libras) e pessoas neurodivergentes (com TEA, TDAH, T21, entre outros transtornos) podem participar de visita guiada com audiodescrição ou interpretação de Libras. De segunda a sexta, das 14h às 17H, e aos sábados e domingos, das 10h às 13h. Para agendar a visita, é preciso enviar mensagem de texto para o WhatsApp 81 99829-3460.

Related posts

Dengo Chocolates lança primeira trufa com embalagem zero plástico do mercado

A’ Design Awards & Competition – Vencedores

Quando a Inovação pode se tornar um problema? – UI Design