Comportamento

FOME INFANTIL: A CRISE MUNDIAL DE SAÚDE

Por Alan Hoffman, vice-presidente executivo de assuntos corporativos globais da Herbalife Nutrition

O mundo está passando por uma epidemia de fome avassaladora que foi agravada pela pandemia global. Embora afete pessoas de todas as idades, ela devasta nossa população mais vulnerável: as crianças. De acordo com a UNICEF, quase metade de todas as mortes em menores de cinco anos são devido à desnutrição. Esta crise global é um problema muito grande para qualquer segmento da sociedade resolver e requer esforços combinados entre o governo, as organizações sem fins lucrativos e a comunidade empresarial.

Durante décadas, governos trabalharam de forma independente para enfrentar o desafio mundo afora. Organizações não-governamentais trabalharam com orçamentos apertados para garantir que essas remessas fossem entregues e distribuídas, mas até seus esforços foram constantemente interrompidos devido à cadeia de suprimentos, corrupção e ineficiências do governo.

Como líderes globais em nutrição, estamos empenhados em fazer a nossa parte para garantir que nenhuma criança fique sem refeição, porque sabemos o quão crítico é para elas receberem uma nutrição adequada. O impacto da fome na infância pode ter consequências para a vida toda, pois a insegurança alimentar está associada ao atraso no desenvolvimento, problemas de comportamento, risco de doenças crônicas e baixo desempenho escolar. A situação é agravada pela atual pandemia, já que a crise nas economias impactou em maiores taxas de desemprego e ao fechamento de escolas e programas de alimentação escolar.

Neste ano, até 132 milhões de pessoas a mais na população mundial irão sofrer com a insegurança alimentar. Nos Estados Unidos, as famílias com filhos — na maioria das vezes famílias chefiadas por mulheres e monoparentais — têm maior probabilidade de enfrentar o desemprego, não conseguir pagar o aluguel e não ter dinheiro para comida. Os bancos de alimentos estão lutando para preencher esse vazio e a demanda supera muito a oferta.

Em todo o mundo, as crianças costumam fazer suas refeições na escola porque não têm acesso a alimentos suficientes em suas casas. O Programa Mundial de Alimentos informou que 66 milhões de crianças em idade escolar frequentam as aulas com fome nos países em desenvolvimento, o que afeta significativamente a capacidade delas aprenderem. Estima-se que as refeições e lanches das escolas satisfaçam dois terços das necessidades nutricionais diárias das crianças.Essa é a nossa realidade. Mas não precisamos aceitar isso. Não podemos aceitar isso.

Com o número de crianças famintas crescendo a cada dia, empresas, organizações sem fins lucrativos e governos devem se levantar para enfrentar este imenso desafio. 

Como líder global em nutrição, a Herbalife Nutrition está enfrentando os desafios globais da fome, da insegurança alimentar e da desnutrição. As soluções são críticas, incluindo a necessidade de promover o acesso e comportamentos sustentáveis a dietas saudáveis, e como adaptar os sistemas alimentares globais para atender essas necessidades. 

Trabalhamos com organizações sem fins lucrativos em todo o mundo para apoiar programas que eliminam a vasta e crescente divisão alimentar e aumentam a conscientização sobre como as empresas e os consumidores podem contribuir para fornecer às crianças e famílias acesso a alimentos saudáveis ??dos quais precisam para prosperar.

Nossa iniciativa Nutrição para Fome Zero (Nutrition for Zero Hunger, em inglês) é parte da solução e nossos compromissos globais estão preparados para causar um impacto significativo mais do que nunca. Estamos trabalhando em parceria com organizações sem fins lucrativos líderes, como Feed the ChildrenThe Hunger Project e outras que apoiam mais de 114 milhões de pessoas em mais de 120 países em todo o mundo. A colaboração contínua com parceiros sem fins lucrativos enfatiza nossa liderança em nutrição, não apenas por meio de nossas contribuições financeiras, mas também por conta da nossa experiência em abastecimento, entrega e sustentabilidade.

A fome é um desafio crítico para a saúde que foi agravado pela pandemia global. Agora, mais do que nunca, o mundo precisa se unir para fazer sua parte em apoiar as populações vulneráveis ??e erradicar a fome. Isso pode ser feito com o esforço combinado e o conhecimento de todos nós.

Clique aqui para comentar ( )