Publi e MKT

Gol do Corinthians

Em primeiro lugar esse texto não é sobre futebol, mas sim sobre o mundo dentro dele e como a publicidade pode ajudar a melhorá-lo.

Não é novidade que o futebol feminino no País não recebe o tanto de apoio que deveria. A desigualdade tem vários fatores, porém um deles (se não o principal) é bem conhecido e vive sendo camuflado: o machismo.

Quem entende do esporte sabe que as camisas oficiais dos times geralmente vêm estampadas com patrocinadores, mas não é porque uma marca apoia o time masculino que necessariamente vai apoiar o feminino. E é aí que o assunto de hoje entra.

Pela primeira vez, o time feminino do Corinthians jogou na recente Arena Corinthians. Desde o começo, as jogadoras e toda a equipe sabiam que seria um feito bem especial. Com isso, o marketing do clube não deixou que isso passasse em branco e criou a campanha #CaleOPreconceito.

Hoje, as mulheres soltam a voz. Elas não têm mais medo de “botar a cara a tapa” ou ser reprimida apenas pelo fato de ser mulher. Elas ergueram a cabeça e para o mundo só resta aceitar tal fato, mas ainda falta que muitas mentes sejam abertas e enxerguem essa realidade. Aplicando isso ao case acima, nota-se que o time feminino não possui patrocinadores, somente frases machistas que foram publicadas na internet.

O objetivo da campanha é simples de entender: ao mesmo tempo que realmente deseja que as frases sejam substituídas por marcas que respeitem as mulheres, ela defende que o machismo precisa ser apagado e dar lugar ao apoio, incentivo e claro: à real torcida.

E para quem achou que esse texto era sobre futebol, não perca a viagem: nessa estreia do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o “Timão” venceu a partida por 4 x 0 contra o São Francisco-BA.

 

Clique aqui para comentar ( )