Tecnologia

“Jogar não tem limites” mas o orçamento tem

Começaram as pré-vendas do Playstation 5 no Brasil, mas será que já compensa desembolsar essa grana toda?

Nos últimos 6 anos, me casei, me formalizei como MEI, troquei de emprego (sim, concilio a vida de designer com a vida de analista de T.I.), adotei alguns gatos e uma cachorrinha, e auxilio minha esposa na área de marketing de sua clínica de psicologia. Então é normal que hoje o tempo para jogos seja bem escasso, mas ainda assim queria muito ter um console para meus momentos de lazer, e aí, com o lançamento das novas gerações e os novos gráficos meus olhos brilharam! Comecei a contar minhas moedinhas!!! …. “Mas a vida… a vida é uma caixinha de surpresas!”, parodiando a esquete dos Melhores do Mundo. Além das minhas despesas operacionais, meu carro ainda fundiu o motor. Ainda bem que tem a renda extra do e-Marcas, que poderia estar sendo guardada para o PS5, mas isso foi assunto de outro post! Então me veio a dureza da vida adulta: tenho orçamento para um PlayStation novo?

Sempre fui maluco com videogames e tecnologia, e jogo videogames desde os sistemas Atari. Tive meu primeiro videogame aos meus 6 anos de idade, ou seja, lá se vão 34 anos de vida de gamer, e ao longo desses 34 anos passei por inúmeros consoles (cerca de 12), inclusive as 3 primeiras gerações do Playstation.

Com as pré-vendas no Brasil iniciadas em 17 de setembro e lançamento para o dia 19 de novembro de 2020, o Playstation 5 chega ao mercado com valores de R$ 4.499, em sua versão “digital”, e R$ 4.999 na versão com leitor Blu-ray Ultra HD.

A peça publicitária “The Edge”, acima, tem uma pegada conceitual baseada no livro Ready Player One, de Ernest Cline, e que teve adaptação cinematográfica dirigida por Steven Spielberg

O aparelho traz especificações de altíssimo desempenho e um design clean e futurista o que, em parte, justifica o seu valor. No entanto, ainda é um preço alto considerando o momento econômico.

Playstation 5 Backward Compatibility New Details, Forced Haptic Feedback and Adaptive Triggers and More Revealed Through Store Website Source Code

Tudo bem, vamos considerar que ainda não é tão alto quanto o preço de lançamento da 4º geração. Lançado no final de 2013, o aparelho era comercializado em valores a partir de R$ 4.000, e considere que eram unidades importadas quando a cotação do dólar girava na faixa de R$ 2,33 (abaixo dos R$ 5,67 da cotação do dólar comercial em 07/10).

Em resumo, isso dá potencial para que o aparelho possa ser comercializado a preços mais acessíveis, o que me incita a aguardar. Até porque, a gama de jogos amplia com o passar do tempo.

Se você é vanguardista, ou produtor de conteúdo gamer, aí não tem jeito. Todos sabemos que o gamer se coça toda quando lança um novo console. Ao menos eu já estou me coçando. Mas no meu caso, como o objetivo é lazer, vou aguardar um pouco e esperar os títulos que serão lançados e fazer um comparativo com os novos consoles, questão de retrocompatibilidade, entre outros fatores.

Resumindo: compensa esperar? Sim… compensa! Apesar de ser um equipamento que não devemos ver com grandes descontos na black friday, vale aguardar as promoções de final de ano. Até porque, em 3 meses a gama de jogos já deve estar bastante ampliada, com mais jogos em versões “remasterizadas” e uma gama maior de produtoras atuando para o novo console.

E você? Também vai ficar se coçando ou já comprou sua unidade na pré-venda. Qual sua opinião?

Clique aqui para comentar ( )