Publi e MKT

#LuanDoMetal x #Neymúsico

Quem acompanhou a internet na última semana, se deparou com uma postagem do cantor Luan Santana em que ele revelava abandonar os dez anos de sertanejo para se dedicar a um novo estilo: o heavy metal.  Essa postagem, só no Facebook, rendeu até o momento mais de 96 mil curtidas, 15.000 compartilhamentos e 20 mil comentários.

As reações foram bem divididas. Algumas pessoas fizeram aquele textão criticando o cantor, outras demonstraram apoio até o fim, e claro, os desconfiados que não pensaram outra coisa: é publicidade!

E não é que os desconfiados levaram essa? Luan foi integrante de uma ação promocional da Snickers chamada “Você não é você quando está com fome”, que aborda os mais variados sentimentos quando estamos com fome. No caso do nosso “Metaleiro de Taubaté”, ele estava #Perdidão. Vale lembrar que em 2016, o jogador Neymar também protagonizou para a marca com o mesmo contexto, anunciando que viraria cantor com a hashtag #Neymúsico.

Arrisco a opinar que a estratégia de ter usado o Neymar anunciando uma nova carreira foi muito mais convincente que usar o Luan Santana mudando de estilo musical. Tudo porque o jogador vive se envolvendo em novos projetos, sem falar que nunca escondeu de ninguém o quanto gosta de pagode, tendo a oportunidade até de cantar ao lado do cantor Thiaguinho, que também é seu amigo próximo. Contudo, para a ação, Neymar assume que tal hobby não fazia parte dele e que o futebol corre muito mais por suas veias, finalizando que não estava sendo ele mesmo pois só estava com fome.

Já no caso de Luan, atualmente o cantor está completando dez anos de sertanejo, suas fotos de perfil e de capa nas redes sociais estão todas no “clima de comemoração”.

O fato de ter usado o cantor bem nessa época, por mais que muita gente tenha acreditado (e ficado desesperada), não foi uma estratégia 100% boa porque faltou o famoso timing.

Talvez em outro tempo a ação tivesse sido mais eficaz e pegaria realmente o público de surpresa, já que parece que o cantor ficou nessa de #Perdidão sem muita credibilidade.

Clique aqui para comentar ( )