Artes

Mickey: os 90 anos de um ícone pop

Em 18 de novembro um dos maiores ícones da cultura pop de todos os tempos completou bem vividos 90 anos de idade. O camundongo criado por Walt Disney no período pré-crise de 29 ganhou não só os corações dos norte-americanos como também de pessoas do mundo inteiro. Servindo de “substituto”, Mickey não só cumpriu seu papel de ser reconhecido, mas também se tornou o símbolo principal e carro chefe da empresa.

Por pouco, o personagem que vemos hoje não é outro. O projeto inicial apresentado por Walt Disney foi o do coelho Oswald, mas ele acabou perdendo os direitos sobre ele. Só a partir daí ele teve a ideia de criar Mickey (que teria o nome de Mortimer se não fosse pela mulher de Walt).

O sucesso, porém, não veio de imediato, mas quando chegou não havia quem segurasse a máquina animada em 2D. Já em 1932, Disney ganhou um Oscar honorário pela criação do camundongo. O próprio Mickey, inclusive, participou da cerimônia algumas vezes, como em 1978 (no seu aniversário de 50 anos) e em 2003 em uma versão digital. Além disso, ele também é o primeiro personagem fictício a ter sua própria estrela na calçada da fama. Pra poucos, né?

Aos poucos, Mickey foi ganhando seu espaço, muito por conta de seu comportamento bondoso e esperançoso, o que refletia na sociedade em um momento especialmente difícil como a crise. Com o passar do tempo, algumas alterações foram feitas tanto em sua estética quanto no comportamento. Em alguns momentos, o conteúdo mostrado no desenho não interessava tanto o público, obrigando os animadores a ajustarem seus planos. As loucas aventuras antes vividas pelo ‘ratinho’ deram espaço para um cidadão comum que vivia em sociedade e tinha problemas como qualquer outra pessoa. Mickey passou a ser “gente como a gente”, ganhando assim ainda mais admiradores ao redor do globo.

 

Mickey 90

No ano de seu 90° aniversário, quando já deveria estar descansando e um pouco distante dos holofotes, a imagem do camundongo está mais viva do que nunca. Em todo o mundo, marcas têm usado a data para criarem coleções especialmente inspiradas pelo personagem.

Além de roupas e pequenas esculturas, literalmente todo o tipo de produto pode ter alguma linha inspirada por ele, como uma coleção de joias e até mesmo latas de sopa, como é o caso da icônica Campbell, que estampou seu rosto nas latas popularizadas por Andy Warhol em 1962 (como você pode ver nessa matéria aqui no blog).

Além disso, várias publicações também prestaram seu tributo. A revista Chaos resolveu fazer seis capas diferentes em homenagem ao personagem, com as modelos Gigi Hadid, Bella Hadid, Vittoria Ceretti, Karen Elson, Shanelle Williams e Cara Taylor.

Para tornar a celebração ainda mais marcante, a Disney organizou uma exposição, inaugurada no dia 8 de novembro em Nova York. ‘Mickey: The True Original Exhibition’ reúne obras de 16 artistas (entre desenhos, vídeos e esculturas) e mostrará todo o impacto do personagem na cultura pop e na arte e deverá ser exibida até fevereiro de 2019.

Clique aqui para comentar ( )