Cinema e Séries

Um Lugar Silencioso é o destaque das bilheterias do fim de semana

O mercado de suspense e terror há tempos não via esse gênero em alta, na boca do povo e rendendo bilheterias inesperadas. Depois do sucesso de It: A Coisa e do Oscar de roteiro adaptado de Corra!, as apostas do mercado se voltaram a esse nicho e a boa da vez é Um Lugar Silencioso, a estreia da última quinta-feira, 5 de abril nos cinemas mundo afora.

Emily Blunt (A Garota do Trem) dá vida a Evelyn Abbott, uma mãe desesperada pela segurança de sua família em meio a uma ameaça que se revela sempre que alguém emite qualquer som em um mundo devastado e assaltado por criaturas que caçam seres humanos. A protagonista divide a tela com John Krasinski (13 Horas e também marido de Blunt na vida real), que assume igualmente a direção do longa. A maestria da trama reside em transmitir o maior número de emoções possíveis em uma ambientação livre da linguagem verbal. Uma boa parte da veracidade que o título espelha se deve à real surdez da pequena atriz Milicent Simmonds que tem no longa o segundo papel no cinema e já desperta a curiosidade da mídia especializada sobre seu futuro promissor no ramo.

O filme ainda conta com uma ficha técnica de peso. A título exemplificativo, Michael Bay (Transformers) é produtor, ao lado de Andrew Form (As Tartarugas Ninja) e Bradley Fuller (Uma Noite de Crime. O roteiro do longa veio das mãos de Bryan Woods (Nightlight), Scott Beck (Haunt) e do próprio John Krasinski, que também dirige e protagoniza.

O filme amealhou uma série de críticas extremamente positivas e sua apreciação gira em torno de 8,2 de acordo com o IMDb. A boa avaliação se repetiu com o sucesso de bilheteria, uma vez que o longa de Krasinski arrecadou US$ 50 milhões de dólares entre sexta e domingo nos Estados Unidos e se tornou a segunda melhor abertura cinematográfica de 2018 (o primeiro lugar continua sendo Pantera Negra). No Brasil, Um Lugar Silencioso já é um dos filmes mais assistidos do ano e a bilheteria do final de semana de estreia acumulou um total de quase R$ 6 milhões em ingressos vendidos.

Uma parte dessa renda se deve ao fato de que o longa está sendo exibido em salas tecnológicas, a exemplo da XD. Isso garante, além de um preço elevado no ingresso, a garantia de que o grande público o elegerá como a opção de fim de semana em virtude da extensa disponibilidade de horários e sessões múltiplas. A projeção de 90 minutos se divide entre drama, horror e thriller e vem prendendo o fôlego do público. Emily Blunt vem provando a Hollywood que é capaz de encarar drama, comédia, cult e blockbuster com a mesma facilidade e John Krasinnski se conceitua como um profissional multifacetado digno de atenção.

Sem mais, Um Lugar Silencioso estreou nos cinemas brasileiros na quinta-feira, 5 de abril e o trailer pode ser conferido no link a seguir:

Clique aqui para comentar ( )