Publi e MKT

Vender produtos é coisa do passado

Quem trabalha com comunicação tem o dever de estar sempre atualizado no que ocorre no cotidiano e, se em pleno 2017 você está se preocupando só em vender o seu produto/marca, algo está errado.

Na atualidade, o público-alvo está cada vez mais exigente com suas compras pois não é segredo para ninguém o quanto os preços subiram nos últimos anos.

O que faz com o que o cliente seja conquistado é a propaganda, afinal, ela é a alma do negócio! Mas será que só propagandas criativas conquistam o público ou chegou a hora de inovar vendendo não só produtos mas sim sentimentos agregados a eles?

A Coca-Cola, uma líder nata, é exemplo disso. Em 2009, a marca criou o slogan “Abra A Felicidade”, substituído em 2016 por “Sinta O Sabor”. Por mais que o refrigerante esteja há anos no mercado e seja parte da vida de muitas gerações, para se manter no topo a Coca-Cola deixou de vender apenas o produto e passou a vender também sentimentos com essas simples frases. Cá entre nós, quando há sentimento é difícil escapar.

Seguindo essa linha de raciocínio, agora chegou a vez da Nutella fazer seu apelo emocional. Em sua nova campanha, o produto aborda que “Nutella combina com tudo”. Veja:

O “X” da questão não foram os exemplos alimentícios que combinam com a Nutella, mas sim o “tudo que é bom”, que não faz referência somente aos alimentos. Além deles, o anúncio traz como exemplo risadas, sorrisos, amigos e fim de semana, que são coisas simples e que todo mundo gosta. Para finalizar seu toque de mestre, o vídeo termina com um “e você”, fazendo com que o receptor se sinta único e especial, já que está envolvido no “tudo que é bom”.

Portanto, procure não se preocupar somente em vender “coisas materiais”. Vale a pena fazer pesquisas sobre seu público-alvo e levar a ideia de vender sentimentos no próximo brainstorming.

Quando rolar, conte para a gente do Design Culture sobre o processo criativo! ;)

 

Clique aqui para comentar ( )