Inspirações

A ilustração como ferramenta de aprendizado

O mundo nos dias de hoje é extremamente construído pelo visual. Praticamente tudo tem um caráter estético, seja apenas por aparência ou para uma maior funcionalidade. De olho nessas táticas, muitas formas de ensino tomaram as representações visuais para si para que assim pudessem ter uma maior eficiência na absorção do aprendizado. E vem dado certo de muitas maneiras, já que, além de trabalhar as questões cognitivas ligadas aos sentidos, também estimula a criatividade de quem aprende.

Foi isso que a artista chilena Maya Hanisch fez ao criar o livro “Son tantas cosas” (São tantas coisas). O projeto é feito com a intenção de facilitar o aprendizado de inglês para os falantes da língua espanhola. Para isso, foram criadas milhares de ilustrações que fazem parte da vida cotidiana, como animais, frutas, roupas e produtos de supermercado. Quase um dicionário do dia a dia.

Os desenhos não têm as características extremamente realistas, mas sim formas simples e geométricas, garantindo ilustrações cheias de graça e com as características típicas da artista.

É um ótimo exemplo que nos mostra o quão importante é a criação de um suporte visual na hora do aprendizado, e o quanto isso pode ajudar desde crianças até adultos. Veja abaixo um pouco do livro e do trabalho de Maya.

 

Clique aqui para comentar ( )