Design

Branding: Um romance entre marca e usuário.

Sabemos que não é de hoje que as marcas tentam se envolver e fazer parte cada vez mais na vida das pessoas. Uma marca forte, é aquela que não precisa de muito esforço para ser reconhecida pelo seu público. O que dizer do jingle da Coca-Cola? Você pode até estar longe mas, se ouvir o toque saberá de que se trata da Coca-Cola. Talvez a maior corrida que as grandes marcas participam seja  a de causar experiências ao usuário, fazendo com que através do impacto emocional  um recall seja gerado na mente das pessoas refletindo esse acerto na hora da compra.

Sabe aquele momento quando um  casal ainda está se conhecendo e o rapaz faz de um tudo para conquistar de vez a moça? É mais ou menos assim  que defino branding ,como um romance, uma tentativa diária de conquistar um público que vem se tornando mais exigente nos seus gostos.  As pessoas hoje em dia procuram um tratamento mais próximo e humano, um contato que as faça perceber que não são apenas um instrumento gerador de lucro mais que acima disso são pessoas. Voltando ao exemplo do casal que ainda está se conhecendo e se tratando em específico da figura do rapaz que tenta conquistar a moça, normalmente ele se utiliza de vários artifícios, sejam:  rosas, bombons, poemas, declarações de amor, enfim.. um arsenal bem planejado para surtir um efeito positivo. Da mesma forma as marcas tem deixado a posição de apenas um fabricante para se valer de promoções, mimos, ações criativas e inesperadas  para conquistar seu público.

Além da conquista, a fidelidade é outro ponto importantíssimo, pois essa fidelidade aliada à um cultivo constante de um relacionamento humano entre marca/usuário trará um retorno satisfatório, gerando também novos usuários com um potencial alto de interação.

Termino esse post deixando alguns exemplos  de  interação  com o público que se aproveitam do inesperado para causar experiências ao mesmo.

E aí alguma marca já te conquistou?

Clique aqui para comentar ( )