Inspirações

Inspire-se com o diretor de fotografia Chung-Hoon Chung

Chung-Hoon Chung é um diretor de fotografia consagrado na indústria cinematográfica, bastante conhecido por suas parcerias com o diretor sul-coreano Park Chan-Wook, responsável por obras como “Oldboy”, “Lady Vingança”, “I’m A Cyborg But That’s Okay”, “Stoker” e a mais recente “A Criada”. Chung também já trabalhou com outros aclamados diretores, como Lee Joon-ik em “Blades of Blood”, E J-yong em “Dasepo Naughty Girls” e Park Hoon-jung em “New World”.

Logo a seguir, confira uma pequena compilação de seus trabalhos:

 

Evidentemente, Chung é um adepto de composições minimalistas. Em uma entrevista ao Hangul Celluloid, Chung comenta sobre o processo de produção de alguns filmes dirigidos pelo amigo Park Chan-Wook:

“Colour grading não toma espaço algum no set. Eu gosto de permanecer no básico e o diretor Park é muito consciente a respeito da coordenação de cores, luz e sombra, e por aí. […] Como diretor de fotografia, eu coloco poucas luzes em vários lugares para detalhar as áreas escuras, como olhos e etc, tudo para que possam ser vistos. Há cores que queremos que não podemos criar especificamente na fase de pós-produção […] eu gosto de dar liberdade aos diretores nas etapas de edição — porque as cores podem sair de forma diferente — eu, como dito, gosto de ficar no básico para que na pós-produção possamos dar ao diretor as cores que ele quer. No entanto, o contraste é controlado principalmente no set.”

Making of de Stoker (2013)

O diretor de fotografia deixa claro também que prefere utilizar os meios analógicos no processo criativo:

“Ironicamente, quando eu trabalho com Park Chan-wook, o diretor Park, eu e o supervisor de efeitos têm uma reunião para tentar evitar o uso de efeitos tanto quanto possível. Eu gosto de abordar as coisas de um ponto de vista analógico, e eu sou uma daquelas pessoas que acredita que os robôs nos ajudam, mas que no final irão acabar nos destruindo [Chung Chung-hoon ri]. […] Hoje em dia, as produções cinematográficas estão cada vez mais se transformando em HD, mas eu quero que o filme [analógico] permaneça […] os cineastas podem decidir qual meio adequado às suas necessidades específicas, com todas as tecnologias co-existentes.”

Veja, logo abaixo, alguns screencaptures dos filmes dos quais Chung colaborou como diretor de fotografia e inspire-se em cada frame:

Clique aqui para comentar ( )