Fotolia

Plágio, Cópia e Homenagem, entenda as diferenças

Foto de howtostartablogonline.net

Fala criativos!

Hoje gostaria de falar mais sobre alguns conceitos polêmicos no mundo criativo: Plágio, Cópia e Homenagem. Vamos explorar um pouco mais o que cada um deles se trata, apresentar alguns exemplos de cada. Em minha última postagem aqui no DC falamos bastante sobre o que é originalidade e como podemos criar algo original, creio que este artigo será um complemento para o material que será apresentado, logo recomendo você dar uma conferida antes para ter o melhor proveito possível do artigo.

PLÁGIO

Segundo a definição do dicionário, podemos considerar plágio como “a imitação de um trabalho intelectual criado por outrem”. Em outras palavras, o plágio é a ação de copiar sem mostrar a fonte original, deixando indefinido se isso é realmente uma ideia original. É importante notar que antes da internet, o plágio era uma prática muito mais recorrente do que se pensa, principalmente se tratando de trabalhos intelectuais que tem prazos apertados de entrega, um ótimo exemplo é o do Led Zeppelin, como mostramos na última postagem:

Como podemos ver, o grande problema de nossos amigos foi não deixar claro que parte de suas músicas continham fragmentos de terceiros, assumindo elas como criações originais suas. Longe de querer difamar a banda (que é uma das minha favoritas), creio que hoje em dia ela não faria o mesmo sucesso e sim um baita escândalo por diversas acusações que seriam feitas. E já que estamos falando de bandas e de plágio, o blog “Sad but True” analisa diversos casos de plágio de pequenas e grandes parcelas de artes em álbuns de Heavy Metal:

Mesmo com toda a base de dados que possuímos hoje com a Internet, ainda existem diversos casos como esses, o mais impressionante é ver grandes marcas de roupas plagiando artes de artistas e ilustradores independentes para utilizar em suas estampas e alegando que elas são marcas muito relevantes em relação aos artistas ao qual foi alegado o plágio e que assim estariam na verdade fazendo um “favor” ao divulgarem a sua arte:

O grande problema do plágio não é só o fato de que a obra original não está sendo mencionada, mas também porque geralmente envolve o lucro da parte que está plagiando. O que nos leva ao nosso próximo tópico a ser abordado.

CÓPIA

Na definição do dicionário, Cópia pode ser definida como uma reprodução de uma obra de arte, ou seja, é uma imitação sem necessariamente uma alteração, o que a difere do plágio, que geralmente costuma alterar um pouco a obra original para se apropriar. Vamos deixar bem claro uma questão: Copiar não é um problema, o problema é lucrar com a cópia, visto que você não é o detentor dos direitos autorais da obra original. O que acontece novamente é que com conteúdos disponíveis em galerias virtuais como Behance, Artstation, DevianArt, Flickr, entre outros, fica mais fácil de algumas marcas e pessoas copiarem o trabalho de artistas e utilizarem eles para vender seus produtos sem o devido consentimento. O blog I Am an Art Thief mostra casos bem interessantes de marcas que se apropriam de artes:

vazza_2

HOMENAGEM

Por último, gostaria de falar sobre homenagem, esta categoria, diferente das duas apresentadas acima, não configura como algo negativo, porém como uma maneira de comemorar algo e mostrar seu respeito por isso. Poderíamos colocar diversas criações nessa categoria, talvez uma das homenagens mais famosas sejam as aberturas da série “Os Simpsons” que geralmente sempre aparecem com alguma referência da cultura Pop:

Fazer homenagem não precisa necessariamente utilizar exatamente o materials original, mas apenas fazer alusão através da arte e temáticas abordadas, como é o caso do videogame “CupHead” que faz homenagem aos clássicos desenhos animados da década de 30:

Como havia comentado no post sobre originalidade, uma das melhores maneiras de se criar algo original livre de chances de ser plágio ou cópia, é através da criação de recursos originais, sejam estes desenhos, fotos ou filmes. Contudo, caso você não tenha o tempo e os equipamentos necessários para criar esses recursos, você ainda pode usar um banco de imagens e sabia que o Fotolia, o banco de imagens e videos da Adobe, está com 20% de desconto em sua assinatura mensal? Além disso, clicando aqui você ganha 1 mês de assinatura grátis + 5 imagens grátis, não perca.

Obrigado pela atenção pessoal, nos falamos no próximo post.

Clique aqui para comentar ( )