Entretenimento

Chega ao Brasil o Youtube Music e Premium

Na última terça-feira (25) chegou ao Brasil o Youtube Music, que já havia sido lançado nos Estados Unidos, em maio deste ano. O lançamento se resume em um site e aplicativo compatível tanto com Android, quanto com iPhone (iOS). Nele, há uma enorme quantidade de músicas, álbuns oficiais, videoclipes, singles, apresentações ao vivo, remixes e covers. “Até mesmo aquelas músicas que são mais difíceis de achar… aquelas que você só encontra no Youtube… também estarão na plataforma”, segundo o Google. A versão Premium terá o diferencial de disponibilizar programas e filmes exclusivos.

Youtube Music chega ao Brasil

O app já está disponível na App Store (loja de aplicativos da Apple) e no Google Play Store. Ainda terá a versão gratuita, porém, aqueles que assinarem o Youtube Premium poderão reproduzir qualquer vídeo e música sem ser incomodado por propagandas. Também será possível baixar para ouvir offline e dar play mesmo com a tela do celular bloqueada. Outro benefício, que inclusive já estava sendo o desejo do público, é que os assinantes poderão escutar o Youtube em segundo plano, no celular.

O plano mais barato custa R$16,90 por mês. Se o assinante quiser assinar o combo Youtube Musice + Youtube Premium, também poderá assistir os conteúdos do Youtube tradicional sem os anúncios e terá acesso a todos os filmes originais do site. Neste caso, o combo sobe para R$20,90 ao mês.

Assinantes poderão assistir vídeos sem anúncios.

O design do aplicativo é bem parecido com as outras plataformas de streaming e os usuários poderão acessar os conteúdos de acordo com o seu gosto, ou com base na sua localização, gêneros, playlists e etc. O Google vem investindo alto em recursos inovadores para a busca, a fim de otimizar os resultados das pesquisas. Ou seja, o aplicativo fará buscas mesmo quando o usuário pesquisar por palavras genéricas ou erradas.

Segundo o Google, o Youtube Music surgiu através da forma como o público usava o Youtube para escutar músicas, especialmente o público brasileiro. Um exemplo disso é que a cantora sertaneja Marília Mendonça tem nove vezes mais visualizações que a Camila Cabello, cantora pop internacional. Números ainda maiores foram alcançados pelo canal brasileiro Kondzilla, em que suas visualizações ultrapassam 17 vezes mais o patamar do Drake, rapper canadense.

Clique aqui para comentar ( )