Férias Trocadas – Novo filme de Edmilson Filho, é um feijão com arroz clássico!

Filme, Férias Trocadas – 2024

ATO 1 – O que é Férias Trocadas?

Em seu mais novo filme, “Férias Trocadas”, Edmilson Filho traz uma comédia leve, com o clima de família e constrangimento juntos em um único pacote!

A comédia segue a seguinte premissa – “Em Férias Trocadas, acompanhamos José Eduardo, Zé (Edmilson Filho), que ganha uma rifa e consegue uma viagem para toda sua família em Cartagena, Espanha. Dono de uma escolinha de futebol, pai de uma blogueirinha, Rô (Klara Catanho), a família parte animada para o exterior, mesmo com a desconfiança de Suellen (Aline Campos), a esposa dele. Já outro José Eduardo, conhecido como Edu (Edmilson Filho), é um empresário todo preconceituoso que vai para o mesmo destino que Zé, só que junto com sua esposa Renata (Carol Castro) e seu filho tiktoker João (Matheus Costa). Chegando lá ambos homens acabam indo para endereços errados e que eram do outro, Zé acaba indo para o resort cinco estrelas e Edu acaba indo para a pousada. Apesar dos locais errados, ambas famílias ficam mais próximas e os dois José Eduardo acabam se entendendo no final, mas agora precisam se juntar para conquistarem suas esposas de volta”.

ATO 2 – Resenha e comentários gerais

Férias Trocadas é um filme que não perde tempo com introduções, e joga você já no caminhar da situação. Nesta comédia, acompanhamos duas famílias completamente opostas, mas nem tanto. A família mais humilde, composta por Zé (Edmilson Filho), Suellen (Aline Campos) sua esposa e Rô (Klara Catanho) sua filha, e a família mais abastada com Edu (Edmilson Filho), Renata (Carol Castro) sua esposa e João (Matheus Costa) seu filho. Que ambos estão embarcando para uma viagem a caminho da Colômbia, só que com destinos opostos. Porém, por uma coincidência ou conveniência de roteiro, ambos os chefes de família têm o mesmo nome e a mesma cara, mas ninguém comenta sobre isso o filme inteiro.

Assim, por conta de um atraso e os nomes parecidos, as famílias trocam de pousadas, o que vai levar a muita confusão e cenas divertidas dos dois lados. Além de um leve conflito e crescimento pessoal como toda comédia brasileira tem.

Tirando algumas ressalvas na questão de como o plot do filme acontece, e algumas piadas estereotipadas e caracterização estereotipada, o longa-metragem consegue tirar algumas risadas e divertir, mas nada fora do comum.

Filme, Férias Trocadas – 2024

ATO 3 – Direção

A direção ficou nas mãos do diretor Bruno Barreto, que já tem anos de experiência com o cinema brasileiro. Como alguns de seus trabalhos, temos – Gabriela, Cravo e Canela (1983), Flores Raras (2013), Crô (2013), Última Para (2008), e muitos outros longas-metragens de décadas passadas. Na condução de comédia, ele está de parabéns, entrega ótimas cenas e abusa de planos próximos para pegar bem a expressão dos atores e suas reações com as situações bem inusitadas que a trama apresenta. Na cena de dança no final, também é outra bem marcante e belíssima, com planos inteiros, cortes bem feitos e o contraste do jogo de luz natural fundo, deixa tudo melhor e mais belo. Senti falta de explorar mais as belezas do local onde a história é ambientada, mas imagino que não era o foco do diretor.

ATO 4 – Atuações   

Agora, as atuações no geral estão ótimas, não há do que reclamar, o que faltam mesmo são momentos e destaques para um personagem ou outro. Os protagonistas Zé (Edmilson Filho) e Edu (Edmilson Filho) são os que mais se destacam e brilham durante a história. Edmilson Filho dá um show de versatilidade ao interpretar dois personagens completamente diferentes, mesmo que Zé não foge muito do estilo de personagem que ele costuma interpretar. Já o Edu tem características, manias e atitudes completamente diferentes, mesmo que ele seja o típico estereótipo do cara riquinho esnobe. As esposas, Suellen e Renata, também têm seus momentos de bilhar e muito, a química dos casais é ótima. Aline Campos consegue se destacar bastante e chamar a atenção para sua personagem bem alto astral e forte, já Carol Castro traz uma personagem bem leve e revoltada com as atitudes do marido, mas que está cheia de amor para dar e desapego do luxo.

Klara Castanho conquista a todos com seu jeitinho de menina e ela já sabe interpretar bem uma tietê. E Matheus Costa, infelizmente, fica no personagem bobo e galante.

ATO FINAL – Conclusão

Por fim, “Férias Trocadas”, é uma comédia brasileira, com um bom elenco, uma trama simples e previsível, mas que consegue tirar algumas risadas do espectador. Se você está com uma folga de grana ou quer assistir a um filme despretensioso, só para se divertir um pouco, esta é a opção certa para você. Mas caso seu gosto para comédia seja criterioso, ou seja, chato em relação à coesão, deixe para ver o filme em casa quando sair no streaming.

Filme, Férias Trocadas – 2024

Related posts

Fúria Primitiva – filme que mistura ação brutalmente animal com discurso sociocultural!

Garfield – fora de casa, traz o gato mais amado do mundo para uma nova geração!

Rivais – Novo filme de Luca Guadagnino, abusa da arte erótica!