Marcas VS audiência: como grandes marcas constroem a audiência

As marcas se destacam pela sua capacidade de impregnar em nossos sentidos cognitivos os seus ideais na promessa de nos permitir experienciar algo novo e diferenciado, por isso aqui vamos desvendar alguns dos segredos ou métodos responsáveis por criar marcas poderosas que existem no mundo.

1.Brandable Name

Um brandable name é um nome que a priori não é relacionado à algo que exista, é um nome em que o significado dele é dado pela narrativa construída e pelo trabalho que é executado ao longo do tempo de vida do negócio, e para que isso aconteça é necessário que uma boa estratégia de branding seja executada pois é só com ela que se pode diferenciar um produto ou serviço de outros similares e com isso influenciar a decisão final do consumidor.

2. A promessa

O facto de uma companhia de telefonia móvel ter saído do TUDO BOM para O FUTURO É TUDO BOM VAMOS e daí para LIGADOS TEMOS TUDO BOM, é nada mais nada menos que a promessa, é reiterar e reafirmar a sua existência ao consumidor.

O relacionamento só se firma quando há uma promessa, esta promessa é tão grande que tem o poder de transformar a narrativa da marca durante esse processo, ela afeta a forma como a marca vai se apresentar aos seus clientes, afeta a forma de vestir e de falar dos colaboradores, ou por outra uma promessa não é apenas uma declaração É UM ESTILO DE VIDA… Confira a seguir como a promessa é apresentada aos clientes.

3. Taglines/slogans

Os taglines não são somente elementos complementares dos logotipos, antes, definem a narrativa, definem o brand statement (declaração de marca), eles ressonam a promessa e a deixam exposta como sendo a moeda de troca no relacionamento entre marca e cliente, entenda que o processo de brand empowerment só e constituído a partir do momento em que uma promessa é dada, veja alguns exemplos de promessas.

  1. É POSSÍVEL
  2. Think Different
  3. Just Do it

4. GÊNERO e TOM DE VOZ

Esta parte é bem interessante, pois ela vai ajudar que a marca se aproxime o máximo dos seus usuários. O Gênero surge quando ao interagirmos com a marca temos a mera sensação de que estamos a interagir com alguém real, alguém que está a comunicar connosco diretamente e que está disponível para resolver e responder a todos os nossos anseios, este género é geralmente impregnado nas campanhas veiculadas na TV e em material impresso é a forma como a marca se apresenta.

Faça uma análise:

Que tipo de gênero pessoal tem vem em mente quando ouves o nome NESTLÉ, KELLOGS, NIKE, ou qualquer outra marca, estas marcas transmitem de forma sutil uma narrativa de alguém que é próximo de nós e que nos conheça, mas veja que os géneros também podem ser indefinidos, isto ocorre quando a marca decide não se personificar, mas ainda assim consegue ocupar o seu espaço na sua audiência.

5. Hábito

Se você precisa que sua marca se destaque e seja consumida você precisa gerar o hábito nas pessoas ou nos seus consumidores veja que o hábito é construído a partir de 3 elementos cruciais nomeadamente: O produto > a deixa/gatilho > e a recompensa.

O produto

O produto é baseado na tua oferta/promessa, o que é que tem a disponibilizar no mercado, veja que esse empacotamento não se limita somente no produto físico, mas também nas sensações e emoções entregues durante o processo de experiência de marca.

O Gatilho

O Gatilho é necessariamente o que fará com que a audiência se lembre de si, é o que incentiva a tomar determinada ação em relação ao seu produto.


A Recompensa

A recompensa, nada mais nada menos que aquilo que usuário usufrui devido a ação que desenvolveu, importa referir que é necessário que a mesma esteja em peso de igualdade com a promessa/oferta para que assim consiga melhor gerir as expectativas.

Portanto estabelecer uma marca e ser memorável necessita de mais elementos do que os destacados aqui, necessita de mais pesquisa, estratégia e segmentação, mas não menos importante necessita de tempo isto porque conseguir implementar estas estratégias levara certo tempo, tanto para a marca que deve conseguir se ajustar às necessidades do mercado tanto para o consumidor que deve ser treinado sobre a existência da marca para que lhe seja possível experienciar novos modelos inovadores que facilitaram o processo de apropriação da marca.

Related posts

LG lança Monitor Ultra UHD 4K de 32 polegadas no Brasil

Dengo Chocolates lança primeira trufa com embalagem zero plástico do mercado

A’ Design Awards & Competition – Vencedores

3 Comentários

Anônimo 2 de março de 2023 - 11:47
Interessante artigo.
Jonas Terceiro 2 de março de 2023 - 09:48
Espetacular o seu artigo Mano. ?
Enes Alberto 2 de março de 2023 - 09:43
Óptimo artigo Azarias Pois a construção de uma marca forte e memorável é um processo complexo que exige planejamento, investimento e comprometimento ao longo do tempo. Além disso, é fundamental adaptar-se às mudanças no mercado e atender às expectativas dos consumidores para manter a relevância da marca.
Add Comment