Design

Principais áreas do Design

A área de design é um universo de possibilidades para quem é criativo, tem afinidade com o desenho e é determinado. Segue os principais setores, ressaltando que o trabalho colaborativo entre as áreas descritas fortalece o setor e abre oportunidades no mercado.

Dentro dos vários segmentos de atuação, fatores como o grau de escolaridade, conhecimento de um idioma, experiência e formação acadêmica são decisivos na valorização do profissional. Isso influencia diretamente no salário, uma pessoa que possui fluência em uma língua estrangeira, por exemplo, pode receber até 67% a mais que um profissional que não fala outro idioma.

Design Gráfico
O profissional da área de design gráfico é responsável pela criação de projetos de comunicação visual, tanto para meios impressos como digitais, abrangendo desde o desenvolvimento de identidade visual, logos, até formatação de qualquer tipo de material visual como outdoors, por exemplo.
O design gráfico é o segmento mais popular e por isso é indispensável que o profissional se especialize em algum nicho ou ferramenta que tenha afinidade, para um melhor desempenho e destaque no mercado.
Hoje a média salarial no Brasil para o designer gráfico é de R$ 1.675,99, pagando mais o setor de eventos, segundo o site Catho.

Design de Interface
Atua na criação de interfaces gráficas para aplicativos móveis e desktop, sendo um segmento bastante promissor no mercado, devido à combinação dos elementos de programação e estudo do comportamento para a criação de telas, botões, transições, layouts e outros produtos.
O profissional projeta se colocando no lugar de um usuário leigo, visualizando como esse consumidor irá utilizar o produto, garantindo que o usuário esteja no controle, estabelecendo facilidade e praticidade no uso de forma eficiente.
A média salarial no Brasil para o designer de interface é de R$ 1.216,67, segundo o site Catho.

Web Design
O web designer é o profissional que desenvolve websites, interfaces para sistemas web e páginas na internet de todo tipo, desde redes sociais e páginas de empresas até lojas virtuais, as vezes é confundido com design de interface. Esse segmento tem o foco na praticidade, segurança, visual e a navegação dos sites.
É primordial o conhecimento de programação, saber programar para entender como um site funciona de verdade até mesmo para quem só trabalhar com a parte visual e deixar a programação para outra pessoa. Sua atuação é essencialmente multidisciplinar e a carreira exige atualização constante.
Segundo o site Catho a média salarial no Brasil para o web designer é de R$ 1.741,00.

Motion Graphics
O profissional de Motion Graphics (videografista) atua na criação de animações digitais com vídeo, efeitos e imagens. É um segmento forte do design porque possui aplicações no cinema, na música, na publicidade e em diversas outras áreas. Faz a concepção artística e a gestão de produtos audiovisuais em vídeo, filme ou animação.
A média salarial no Brasil para o segmento de Ilustrador é de R$ 1.717,66, segundo o site Catho.

Design de Interiores
O designer de Interiores é o profissional que atua no estudo, projeto e criação de ambientes internos, sejam em ambientes residenciais e comerciais, conciliando os fatores de iluminação, conforto, temperatura, texturas e materiais no projeto. O designer não vai simplesmente decorar o ambiente, mas utilizará uma metodologia específica, que inclui levantamento das necessidades do cliente, pesquisa e adequação à estrutura do edifício, localização e como aquele ambiente será usado, entre outros pontos.
Segundo o site Catho a média salarial no Brasil para o designer de interiores é de R$ 2.140,10.

Design de Produto
O designer de Produto trabalha com o projeto e a produção de bens de consumo que estão relacionados à nossa vida, o profissional atua na concepção estética de produtos, elabora a identidade visual com foco na adequação material, ergonomia, atenção ambiental, praticidade e beleza. Analisa desenho e requisitos, seleciona o material a ser utilizado, define processo produtivo, acompanha a fabricação e comercialização.
A média salarial no Brasil para o designer de produto é de R$ 2.759,34, segundo o site Catho.

Design Automobilístico
O designer automotivo trabalha em todas as etapas do design de novos veículos, pensando nos desafios atuais de mobilidade e sustentabilidade, é o responsável pela criação que visa aliar funcionalidade a estética dos automóveis. O designer deve possuir e combinar habilidade técnica com criatividade e inovação, a formação de um bom profissional do design automotivo se faz com muito estudo, pratica, pesquisa, dedicação e criação.

Design de Moda
O Designer de moda é um profissional com bastante criatividade, originalidade e bom gosto, atuando no desenvolvimento de produtos de moda de acordo com sua função estética, prática e simbólica, necessidades do consumidor e demandas do mercado.
Além do estilismo (criação de roupas), este profissional pode atuar em diferentes setores da moda, desde a produção a Personal Stylist. Exigindo conhecimento histórico e o acompanhamento das tendências pelo designer.
A média salarial no Brasil para o segmento de estilista é de R$ 3.285,17, pagando mais o setor varejista, segundo o site Catho.

Design Têxtil
Elabora projetos de estamparia, texturas e cores de tecidos para moda e decoração, de acordo com as tendências de mercado e coleções. Seus recursos podem ser a estamparia, aplicações sobre o tecido, criar superfícies têxteis através do entrelaçamento, tingimento e também aplicação de beneficiamento.
Segundo o site Catho a média salarial no Brasil para o designer têxtil é de R$ 2.215,77.

Fontes:
Guia da Carreira
Catho

Clique aqui para comentar ( )