12ª bienal da adg brasil
Design

12ª Bienal da ADG Brasil

Não faz muito tempo, publiquei aqui um artigo com as premiações do ano de 2017.

Festivais de publicidade e premiações de design são ótimos momentos para amaciarmos nosso ego, fazer um networking e reencontrar colegas de profissão.

Faz duas semana, o A’ Design Awards liberou sua lista de premiados, com a grata surpresa do parceiro Pedro Panetto ter sido laureado.

Ontem, foi a vez da ADG Brasil – Associação dos Designers Gráficos Brasil – liberar o shortlist para a 12ª Bienal de Design Gráfico. Como já tem acontecido nas últimas edições, a ADG utiliza os dados recolhidos entre os inscritos para realizar um breve estudo sobre a situação da profissão no país, além de aproveitar para deixar a realização do evento mais colaborativa.

Como?

Já faz três edições, pelo menos, que a ADG utiliza do Catarse para realizar um crowdfunding (financiamento coletivo) para a produção do catálogo da mostra nacional.

 

Você pode colaborar a partir de R$30,00 e ter a possibilidade de receber uma cópia – digital – da publicação e também ter o seu nome na sessão de agradecimentos. Como designer, mesmo que não participando efetivamente da mostra, é uma oportunidade única de construir relevância para a comunidade nacional.

O projeto que já foi um sucesso em 2013 e 2015, repete a parceria com a Editora Blucher e o Catarse para viabilizar a produção do catálogo da 12ª Bienal Brasileira de Design Gráfico.

A edição que comemora os 25 anos do maior evento de design gráfico do país terá um catálogo à sua altura: esta será a edição com a maior quantidade de projetos selecionados de todas as edições da Bienal realizadas desde 1992! Serão quase 500 projetos desenvolvidos entre 2015-2016 no Brasil ou por designers brasileiros atuando no exterior!

Apesar de já ter passado e ontem ter recebido a notícia, inscrevi um projeto de meu escritório na mostra, infelizmente não foi dessa vez que fomos selecionados. Mas como diz o sábio, só ganha quem joga; então a ideia é sempre buscar o melhor para quem sabe na próxima ser selecionado.

Agora é com você!

O catálogo impresso terá capa dura e mais de 500 páginas. Seu preço de mercado, após o término da campanha aqui no Catarse, será em torno de R$ 260,00.

Para torná-lo mais acessível e garantir que muito mais pessoas tenham a possibilidade de adquiri-lo, basta você participar do crowdfunding.

Quem adquirir o catálogo pelo Catarse vai pagar apenas R$ 130 (já incluído frete para todo o Brasil) e terá seu nome registrado nas páginas de agradecimento.

Além disso, assim como nos catálogos da 10ª e da 11ª Bienais, existem cotas de apoio institucional para estúdios e empresas que queiram marcar presença no catálogo.

Clique aqui para comentar ( )