Cinema e Séries

Curiosidades sobre a Mulher Maravilha

Com a proximidade de lançamento do novo longa da DC Comics, vale a pena dar uma conferida em algumas curiosidades sobre a protagonista da vez: Diana de Themyscira, ou simplesmente, Mulher Maravilha.

O trailer inicial lançado já deixa clara a ancestralidade de Diana, filha de Zeus. Entretanto, os laços divinos não param por aí. Vinda de Deméter, o poder de cura está entre as artimanhas de Diana, que não se ofende com veneno, machucados ou ossos quebrados. A amazona também foi presenteada por Atena com o dom da sabedoria e da visão aguçada. Em termos práticos, isso resulta na capacidade de a heroína dominar diversos idiomas, possuir uma percepção aguçada sobre variadas situações e nunca errar uma mira, mesmo que à distância ou em movimento. De acordo com os quadrinhos, a Mulher Maravilha também sucede Ares na posição de deusa bélica. Quando misturados os dons de Atena e de Ares, eis que Diana é capaz de se comunicar mentalmente com soldados e passar-lhes instruções e táticas de guerra.

Quando a deusa precisa invocar o poder filial vindo de Zeus, basta que os braceletes sejam retirados. De acordo com a biografia da guerreira, os acessórios do braço servem para dirimir o impacto de seu poder natural de utilizar energia para causar destruição. Uma vez despida de seu escudo braçal, seus olhos luminosos indicam que o sangue e o poder de Zeus que estão concentrados nela estão prontos para serem libertados.

Sobre este adereço, ainda vale destacar que o material utilizado na confecção dos braceletes veio diretamente dos restos do escuto Aegis, que tinha como proprietário ninguém menos que o próprio Zeus. Isso justifica a potência que pode ser liberada dessa parcela da armadura.

O sangue do papai ainda garante à heroína uma força física imensurável. Decorre daí a capacidade de a Mulher Maravilha bater de frente com o Superman e conseguir levar a melhor nessa briga. Todas as habilidades que o herói possui estão presentes também na deusa; entretanto, é certo que a heroína é mais bem equipada.

Some-se ao bracelete os poderes do laço da verdade. Para além do efeito descrito no nome do objeto, relatos de HQ dão conta de que o artefato ainda consegue apagar memórias, manipular ordens e regenerar doenças mentais. E não vale tentar destruir a arma, pois o laço da verdade não pode ser partido, desfiado ou danificado de qualquer forma.

O fato de Diana ser vegetariana se justifica quando descobrimos que dentre suas habilidades, existe a capacidade de comunicar-se com animais. Isso faz com que a Mulher Maravilha consiga obter aliados obedientemente comandados por ela. Até a mais feroz das bestas se curva ao seu poder de tranquilizar bichos.

Dentre o rol de prerrogativas da Mulher Maravilha, existe uma que é inerente ao sexo feminino: a percepção aguçada para captar sentimentos ocultados e vislumbrar sensações reais que estão sendo escondidas por seu detentor. Esse poder sensitivo também impede a manipulação mental e/ou emocional para com a deusa, que não sente nem uma leve cocegazinha ao sofrer uma tentativa de ataque desse nível.

Ao analisarmos essa maravilhosa composição de atributos, temos que é a Liga da Justiça quem tem sorte por contar com Diana de Themyscira, e não o contrário. O filme da heroína é protagonizado por Gal Gadot e estreia no Brasil em 1º de junho. A venda de ingressos antecipados se inicia em 18 de maio, de acordo com a Waner.

O trailer final foi liberado em 7 de maio e está disponível no link abaixo:

 

Clique aqui para comentar ( )