Fotolia

Viver o agora ou se preparar para o amanhã?

http://unsplash.com/ - Justin Luebke

Fala criativos!

Hoje vamos falar de um papo mais cabeça, sei que vocês, assim como eu, volta e meia se pegam justificando sobre que caminho tomar na vida. Um dos questionamentos mais recorrentes no meu dia-a-dia sempre envolve o aproveitar “o agora” ou se preparar para “o amanhã”. Ambos os conceitos conseguem ser abstratos e confusos, mas para facilitar vamos analisar friamente o que seria “o agora” e o que seria “o futuro”.

O AGORA

Olhando assim parece quase um ultimato, “o agora” é quase opressor como um comando, muitas vezes quando pensamos nele nos vem em mente questões de urgência. Entretanto, gosto de pensar que viver o agora não se trata apenas de resolver os problemas presentes, contudo também de ser grato pela atual situação. Muitas vezes nos vemos correndo na vida, sempre pensando no dia seguinte, não paramos e olhamos em volta para apreciar o que somos e o que conquistamos.

Tentar viver constantemente no agora pode ser uma experiência interessante, quando você não tem a perspectiva de ter um amanhã, faz com que cada dia valha a pena. Isso pode ter um lado extremamente positivo, visto que é possível que aspectos como a gratidão e esforço se tornem um hábito diário, o que se aproxima bastante de filosofias como o YOLO (You only live once) e o famoso Carpe Diem. Não vamos confundir necessariamente “o agora” com ter hábitos corretos, até porque hábitos positivos não precisam ser diários, mas precisam ser constantes para serem considerados hábitos.

Contudo, ao mesmo tempo podemos cair em certo hedonismo, visto que nem todos os momentos precisam ser vividos com intensidade. Muito comum é nos arrependermos de termos gastado dinheiro com alguma besteira por simples impulsividade, o que só demonstra uma falta de consequência de nossa parte já que pensamos mais no prazer imediato do que na dor de cabeça posterior.

Nesse sentido, viver no “agora” pode ser uma faca de dois gumes, é preciso saber aproveitar as oportunidades que nos são dadas todos os dias, entretanto é preciso sempre fazer certa curadoria, pois nem todas as oportunidades valem a pena no longo prazo e/ou estão alinhadas com sua missão de vida. E já que estamos falando em prazos, vamos aproveitar e falar sobre “o futuro”.

O FUTURO

Assim como a palavra que discutimos anteriormente, “o futuro” também é uma daquelas palavras que deixa muitas pessoas temerosas. Parece algo tão longe e ao mesmo tão próximo, o futuro é tudo que não aconteceu, seja a próxima hora ou os próximos dez anos. Pensando por esse lado, o futuro é consequência, talvez por isso muito de nós não gostemos de refletir sobre ele, pois faz rever nossos atos no presente.

Pessoalmente, meu maior problema com o futuro se deve ao fato de que “o agora” está sempre interferindo, ou colocando de outra maneira, a vida está sempre”acontecendo” com seus eventos inesperados. São oportunidades, problemas, sorte e erros que surgem no caminho e muitas vezes nos fazem questionar se todo nosso esforço e preparo realmente irá compensar mais a frente ou nos fazem esquecer a direção que deveríamos estar caminhando.

Viver pensando e se preparando para o amanhã pode ser algo muito estressante, pois por mais que nós nos previnamos e estudemos os diversos possíveis cenários, é sempre muito difícil prever perfeitamente o que irá acontecer. Existem muitos fatores que estão muito além de nosso controle, contudo ainda conseguimos controlar os nossos atos e pensamentos e, por mais banal que isso pareça, ter o controle disso faz toda a diferença.

Ironicamente, se programar para o futuro envolve muito lidar com o agora, digo isso porque independentemente do seu objetivo para o futuro, ele vai provavelmente envolver um planejamento e uma mudança de rotina e de hábitos para se alcançar o objetivo final. Assim podemos afirmar que, para mudar o seu futuro, é necessário começar a mudança agora.

 

CONCLUSÂO

Tudo na vida necessita um equilíbrio, fora que o que hoje funciona para você hoje, talvez amanhã não funcione mais amanhã, não existe fórmula mágica, é sempre preciso se adaptar. Assim como pessoas focadas no presente correm o risco de serem impulsivas e irresponsáveis, pessoas  focadas no futuro correm o risco de serem ansiosas e temerosas.

É importante salientar que não há caminho correto, você sempre pode voltar atrás quanto as suas prioridades na diversas áreas dá sua vida. Criar um certo “bom senso” de quando é importante aproveitar e quando é necessário planejar é um aprendizado eterno para todos nós.

Agora falando especificamente de uma decisão que você pode tomar agora e pode te ajudar para o futuro, pode parecer mentira, mas ter acesso á um banco de imagens pode fazer uma baita diferença a longo prazo para você. Seja para estudo ou para trabalho, ter acesso a materiais de qualidade é essencial para a evolução de um profissional criativo.

E o pessoal da Fotolia faz um trabalho magnífico de curadoria de imagens e videos para você ter mais tempo para dedicar-se a seus projetos. Para quem não conhece, o Fotolia é um banco de imagens líder mundial, que dá acesso instantâneo a mais de 62 Milhões de imagens, vetores, ilustrações e videoclipes. Clicando nesse LINK você ganha 20% de desconto em suas compras, aproveite!

Clique aqui para comentar ( )