Entretenimento

Como o poker pode te ajudar a conseguir um emprego

Um esporte mental reconhecido pelo Ministério do Esporte, o poker coloca a prova a mentalidade dos jogadores e a natureza do esporte faz com que o perfil da pessoa possa ser traçado através de suas ações e reações na mesa. Para os jogadores que têm experiência, a sabedoria no poker pode ser um plus na hora de ser selecionado numa entrevista de emprego. Para quem ainda não conhece esse esporte, é uma oportunidade a ser explorada.

Reid Young, escritor e jogador profissional de poker, tem uma frase que explica muito bem como esse esporte tem uma ligação direta com o mundo dos negócios: “O poker e os negócios giram em torno de contexto, conhecimento, paciência, agressão e autocontrole.”

Num jogo de poker, independente da modalidade que esse seja, a ação e a inação ditam o ritmo. Saber a hora de atacar e ter momentos de completa passividade são virtudes de um bom jogador. Algo parecido acontece numa entrevista de emprego, por exemplo.

“Em uma empresa séria, você é analisado o tempo todo. Do momento que ultrapassa a porta até os momentos finais da entrevista. As ações e o jeito como se comporta em situações específicas são fundamentais”, de acordo com Marcos Zambrano, diretor de uma empresa de coaching. “Saber a hora de ficar calado numa entrevista de emprego coletivo é algo chave. Não tentar aparecer demais é uma grande virtude”, completa Marcos.

Outra vantagem que o poker pode te dar é a automatização do estudo. Um bom jogador precisa chegar preparado na mesa, e saber todos os pontos fortes e fracos dos oponentes. Numa entrevista de emprego, conhecer qual será a sua função na empresa e saber exatamente o que eles precisam são pontos fundamentais. Para Young, a habilidade de aprender e se adaptar a situações é essencial nos negócios e no poker.

E são muito mais coisas da mesa de poker que podem ser aproveitadas. Um dos ensinamentos que o esporte prega é a disciplina e a calma em situações complicadas. Em uma entrevista de emprego, numa sala junto com outros candidatos, a serenidade precisa prevalecer, assim como numa mesa final em qualquer campeonato. Suar demais ou mostrar sinais de nervosismo podem ir contra você.

“Confiança é o mais importante para impressionar o seu possível futuro chefe. E para passar isso, é preciso ter muita calma e tranquilidade. Se sentir em casa, acima de tudo, é algo que vai te ajudar bastante na hora de se mostrar uma pessoa qualificada e confiante”, afirma Marcos.

Também se lembre que uma entrevista em um determinado local de trabalho pode não ser a última vez num processo seletivo dessa mesma empresa. Caso não passe numa entrevista, no futuro pode haver mais oportunidades ali, e você não pode “queimar o filme”. Portanto, assim como numa mesa de poker, mostre classe quando o seu plano não funcionar, pois isso não é o fundo do mundo. A volta por cima sempre está perto. E quando vencer, demonstre humildade. De acordo com Young, um verdadeiro líder nunca pode ser arrogante.

Autocontrole, disciplina, saber se comportar na vitória/derrota e outros vários pontos relevantes. O poker pode servir de metáfora para muitas coisas na vida, incluindo numa entrevista de emprego. Para quem conhece bem esse esporte e coloca em prática o que precisa para ser vencedor nele, utilizar algumas táticas e virtudes nos negócios podem te levar para um outro patamar.

 

Clique aqui para comentar ( )