Educação

Quais as ferramentas digitais mais utilizadas no meio acadêmico?

Que a tecnologia, atualmente, é indispensável na vida da maior parte da população mundial, nós já sabemos. Sabemos também que a influência que a tecnologia e a Internet podem ter na vida da sociedade é imensa. Mas no meio acadêmico e científico, o uso da tecnologia é ainda mais necessário e essencial para o desenvolvimento de novas pesquisas, projetos acadêmicos e outros avanços. E este uso da tecnologia não só ocorre na hora de desenvolver projetos acadêmicos, mas também para a realização de aulas, de reuniões, defesas de teses e também a elaboração de diferentes modelos de slide para a apresentação de TCC ideal. Ou seja, além de servir aos pesquisadores na hora de desenvolver seus projetos e pesquisas, a tecnologia também é um grande aliado para os professores na hora do ensino e, também, para os alunos na hora de aprender e apresentar trabalhos.

Porém, dentro do ambiente universitário, quais são as ferramentas digitais mais utilizadas pelos alunos para satisfazer suas necessidades estudantis? Pensando neste quadro, hoje iremos ver alguns softwares de diversas funções utilizados por alunos de diferentes cursos. Veremos programas voltados para edição de imagens, comunicação, edição de vídeos, realização de reuniões e para estudar.

Escrita, criação e edição de novos documentos de texto

Independentemente do curso superior ou da área de atuação em questão, todos os alunos, professores e pesquisadores devem escrever relatórios, desenvolver a parte escrita de projetos e até realizar provas em formato remoto.

Logo, uns cursos escrevem mais e outros menos, porém, todos os alunos recorrem às mesmas duas plataformas de edição e criação de documentos:

  1. Google Docs
  2. Microsoft Word

Quando paramos para pensar na edição e no desenvolvimento de textos, os dois primeiros programas que nos vêm à mente são, justamente, os dois citados acima. Isso ocorre pois são duas plataformas extremamente simples e intuitivas de serem utilizadas, além de contar com funcionalidades como o formato do texto, verificação ortográfica e gramatical e possibilidade de salvar seus arquivos em formato PDF.

Contudo, existem algumas diferenças sutis entre ambos, como por exemplo o mecanismo para o compartilhamento e o armazenamento de documentos!

Desenvolvimento e elaboração de apresentações em slides

Outra obrigatoriedade de todos os cursos superiores, independente da área de atuação, mais uma vez, é a necessidade de se apresentar seminários, defender projetos de TCC e de pós-graduação.

Portanto, as apresentações em slides e a realização de aulas é comum a todos os cursos e, assim como no caso da edição de texto, iremos analisar duas das plataformas mais comuns para o desenvolvimento destas apresentações.

Neste caso, as plataformas que são mais amplamente adotadas por integrantes do meio acadêmico e científico são:

  1. Microsoft PowerPoint
  2. Canva

Como dito anteriormente, quando paramos para pensar em escrita, os primeiros softwares e ferramentas que nos vêm à mente são o Docs e o Word. Já quando o assunto são apresentações de slides, este quadro se torna majoritariamente representado pelo PowerPoint.

Contudo, o Canva representa uma ótima alternativa para estruturação de slides e também para a apresentação e, atualmente, é cada vez mais utilizado.

Mas quais são exatamente as diferenças entre ambas as ferramentas?

CanvaMicrosoft PowerPoint
12,99 dólares mensais9,99 dólares mensais
Catálogo de Layouts e DesignCompatibilidade
SimplicidadeSimplicidade
Canva For Work (Premium)Diversidade de Recursos
OnlineAtalhos para Funções 

E para você? Qual dos programas melhor se encaixa melhor para você no que diz respeito à apresentação de slides?

Edição de Vídeo e de Imagens

Por fim, outra necessidade que pode cruzar o caminho de universitários dos mais variados cursos é a de editar vídeos, sobretudo em um contexto de educação remota. Para edição de imagens e vídeos, os softwares mais utilizados são o Adobe Premiere Pro e o tradicional e básico, mas efetivo, Windows Movie Maker. De acordo com a plataforma NFE, especializada no assunto, o Windows Movie Maker é um dos melhores softwares para edição de vídeos, sendo extremamente recomendado para iniciantes e pessoas que não tenham tanto domínio sobre a informática. Além disso, é um programa extremamente leve, compatível com todos os computadores que rodam sob o sistema operacional Windows. Ainda, ao contrário do Movie Maker, o Adobe Premiere Pro é recomendado para quem tem bastante experiência, domínio e conhecimento na área de informática e edição.

Porém, traz resultados mais profissionais, apresenta mais recursos que permitem explorar, editar e manejar os vídeos da maneira que lhe convir. E aí, já precisou usar algum desses programas durante sua faculdade? Com toda certeza o PowerPoint e o Word sim!

Clique aqui para comentar ( )